Escritor Luís Sepúlveda vence prémio Eduardo Lourenço

O autor chileno ganhou prémio de 7500 euros.

O escritor chileno Luís Sepúlveda é o vencedor da 12.ª edição do Prémio Eduardo Lourenço, no valor de 7500 euros, foi hoje anunciado na Guarda.

O anúncio foi feito no final da reunião do júri, por Victor Amaral, vereador da cultura da Câmara Municipal da Guarda.

Instituído em 2004 pelo Centro de Estudos Ibéricos (CEI), com sede naquela cidade, o prémio destina-se a galardoar personalidades ou instituições com intervenção relevante no âmbito da cooperação e da cultura ibérica.

Luís Sepúlveda nasceu em Ovalle, no Chile, em 1949. Da sua vasta obra (toda ela traduzida em Portugal), destacam-se os romances O Velho que Lia Romances de Amor e História de uma Gaivota e do Gato que a Ensinou a Voar. E ainda títulos como Mundo do Fim do Mundo, Patagónia Express, Encontros de Amor num País em Guerra, Diário de um Killer Sentimental ou A Sombra do que Fomos (Prémio Primavera de Romance em 2009).

Exclusivos