É um dos melhores clubes de jazz da Europa e fica em Lisboa

O jornal inglês The Guardian aconselha uma visita ao Hot Clube de Portugal.

O destaque é dado ao Hot Clube pelo The Guardian num artigo onde refere "10 dos melhores clubes de jazz da Europa". Fundado em 1948, localizado perto do Bairro Alto e do centro da cidade, o Hot Clube de Portugal é um dos clubes de jazz mais antigos da Europa, sublinha o jornal, lembrando que por ali já passaram nomes lendários como Count Bassie, Dizzy Gillespie, Sarah Vaughan e Dexter Gordon. E, este mês, de 22 a 24, este clube com capacidade para 140 pessoas vai receber Lou Donaldson. Mas o jornal destaca ainda os músicos portugueses que lá atuam, como André Fernandes e Mário Laginha.

Na sua edição online, o Guardian publica ainda este vídeo de uma atuação naqueles espaço:

O jornal britânico explica que o Hot Clube se reinventou depois de ter estado fechado em 2009: "Felizmente reabriu três anos depois, duas portas ao lado, graças ao apoio dos lisboetas e do trabalho da associação que o fundou". O novo espaço, "minimalista e moderno", atrai um público misto, que junta estudantes e turistas, sem perder o ambiente intimista.

Além do Hot Clube de Portugal, o The Guardian sugere ainda aos seus leitores o Harris Piano Bar, em Cracóvia (Polónia), o Donau 115, em Berlim (Alemanha), o Jazzhus Montmartre, em Copenhaga (Dinamarca), The Verdict, em Brighton (Inglaterra), o Porgy and Bess, em Viena (Áustria), o Reduta, em Praga (República Checa), o Sunset Sunside, em Paris (França), o The Loft, em Colónia (Alemanha), e o Cafe Central, em Madrid (Espanha).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG