Dramas e comédias na 11.ª Festa do Cinema Italiano

Da retrospetiva de Marco Ferreri aos filmes contemporâneos, a 11.ª Festa do Cinema Italiano, entre quinta e dia 12, é um mapa de dramas e comédias que se estende a várias cidades. Eis alguns destaques.

NICO, 1988 Susanna Nicchiarelli

Será sempre lembrada pela ligação aos Velvet Underground e ao artista Andy Warhol. Neste biopic, protagonizado pela dinamarquesa Trine Dyrholm, acompanha-se a última e atribulada fase da vida de Nico, um ano antes da queda do Muro de Berlim. Vencedor da secção Horizontes em Veneza, o filme de Susanna Nicchiarelli propõe-se mergulhar no olhar desencantado dessa mulher musa.

Onde ver: Lisboa, dia 5, 21.30, Cinema São Jorge | Almada, dia 6, 21.30, Auditório Fernando Lopes Graça |Porto, dia 5, 21.30, Cinema Trindade | Setúbal, dia 6, 21.30, Cinema Charlot

O CARTEIRO DE PABLO NERUDA Michael Radford, Massimo Troisi

A par com Cinema Paraíso, este é o outro "convidado de honra" da festa. Inspirado no livro Il Postino, de Antonio Skármeta, sobre a amizade entre o poeta chileno Pablo Neruda e um carteiro, foi o derradeiro filme do ator Massimo Troisi e um grande sucesso, tornando-se um clássico do cinema italiano. Além da exibição em sala, o filme será apresentado no Cine-Jantar, a decorrer nos dias 8 e 9 no Mercado de Santa Clara.

Onde ver: Lisboa, dia 8, 16.00, Cinema São Jorge | Porto, dia 8, 18.00, Teatro Rivoli

ELLA & JOHN - THE LEISURE SEEKER, Paolo Virzì

O novo filme do realizador de Capital Humano (2013) e Loucamente (2016) é a sua primeira produção em língua inglesa. The Leisure Seeker junta os veteranos Helen Mirren e Donald Sutherland no drama de um velho casal que decide fazer-se à estrada na sua antiga autocaravana. Baseado no livro homónimo de Michael Zadoorian, aqui temos Paolo Virzì, em registo intimista, à procura de um retrato sincero e afetivo das dores da velhice.

Onde ver: Lisboa, dia 8, 18.30, Cinema São Jorge

UNA QUESTIONE PRIVATA Paolo e Vittorio Taviani

Depois dos contos de Boccaccio, os irmãos Taviani regressam com mais um olhar fundado na literatura italiana. Desta vez, trata-se da adaptação de uma relevante obra do escritor Beppe Fenoglio, cuja ação se passa nas colinas de Langhe, Piemonte, em plena Segunda Guerra Mundial, com um dos membros da Resistência dividido entre a amizade pelos seus companheiros de luta e a obsessão por uma jovem mulher. Eis cinema militante de uma vigorosa dupla artística.

Onde ver: Lisboa, dia 10, 21.30, Cinema São Jorge

LA DONNA SCIMMIA Marco Ferreri

Há mais Ferreri para lá de La Grande Bouffe... Do extravagante cineasta em retrospetiva nesta edição, destacamos um título do período inicial da sua obra, associado à dita commedia all"italiana. La Donna Scimmia (1964) conta a história (com base verídica) de um empresário circense do século XIX que descobre uma "mulher-macaco" e passa a ganhar a vida exibindo-a em freak shows. A sessão de sábado é apresentada pelo investigador Emiliano Morreale.

Onde ver: Lisboa, dia 7, 21.30, e dia 11, 18.30, Cinemateca Portuguesa

Toda a programação aqui.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG