Claudio Magris vem a Portugal em maio

O escritor italiano é uma das primeiras confirmações no festival LeV - Literatura em Viagem, que decorre em Matosinhos entre 13 e 15 de maio

O evento decorre de 13 a 15 de maio na Galeria Municipal, estando a sessão de abertura na noite de sexta-feira a cargo do historiador e comentador José Pacheco Pereira.

No ano em que Matosinhos é capital da Cultura do Eixo Atlântico, estão também confirmados os nomes de Clara Ferreira Alves, do ex-secretário de Estado da Cultura Francisco José Viegas (que vai conversar com Magris numa das sessões), de Lídia Jorge e Paulo Moura.

De acordo com fonte da autarquia, os próximos nomes deverão ser anunciados nas próximas semanas.

Nascido a 10 de abril de 1939, em Trieste, Claudio Magris estudou na Universidade de Turim, onde deu aulas de 1970 a 1978, de acordo com a biografia existente na Enciclopédia Britânica.

Magris, que visita Matosinhos com o apoio do Instituto Italiano, traduziu Ibsen, Kleist, Schnitzler, entre outros escritores de língua alemã, tendo-se destacado com o romance "Danúbio", publicado em 1986 e que atualmente faz parte das sugestões do Plano Nacional de Leitura para os alunos do ensino secundário.

O escritor italiano recebeu já diversos galardões, como o prémio Príncipe das Astúrias de Letras em 2004 ou o prémio europeu Helena Vaz da Silva em 2013.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG