Fast & Furious 7 ainda não estreou mas já se pensa em mais três filmes

Líder dos estúdios da Universal defende que há margem para se filmar pelo menos mais três sequelas, mesmo sem Paul Walker, ator que morreu há um ano.

Com estreia marcada para abril do próximo ano, Fast & Furious 7 é bastante aguardado tanto por ser o último filme de Paul Walker, como por um trailer que suscitou muita curiosidade. Mas parece que a morte do ator que deu vida à personagem de Brian O'Conner - faleceu a 30 de novembro de 2013 na sequência de um acidente de viação - não vai impedir que os estúdios da Universal continuem a apostar na saga.

Donna Langley afirmou, num debate promovido pelo The Hollywood Reporter, que acredita que há mercado para "mais três" filmes, mesmo sem Paul Walker. "Paul é e sempre será uma parte integral da história. Mas há muitas mais personagens fantásticas e é também a oportunidade de introduzir novas personagens", destacou a presidente dos estúdios da Universal.

Para já, vai aguardar pela estreia de Fast & Furious 7, mas nos últimos filmes, o que se tem verificado é que têm mais sucesso que o anterior, pelo que as expectativas são grandes. No entanto, Donna Langley admite que estão atentos à possibilidade de "cansaço" por parte dos fãs da saga.

O primeiro Fast & Furious data de 2001. Paul Walker apenas não entrou no filme cujo enredo se passa em Tóquio. A outra estrela da saga, Vin Diesel, falhou o segundo filme e faz apenas uma breve aparição no de Tóquio. Nos últimos quatro foram sempre a dupla de sucesso, não esquecendo Michelle Rodriguez e Jordana Brewster (que também entrou logo no primeiro) ou a introdução mais tarde de Dwayne Johnson. Nesta sexta sequela junta-se agora um dos atores mais conhecidos dos filmes de ação: Jason Statham.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG