"Adorava ver na Eurovisão uma plateia de perucas cor-de-rosa"

As duas vencedoras do Festival da Canção prometem dar o seu melhor para honrar o legado de Salvador e Luísa Sobral

Cláudia Pascoal e Isaura falaram aos jornalistas momentos após vencerem o Festival da Canção. O tema O Jardim é o sucessor de Amar Pelos Dois, que no ano passado venceu a Eurovisão.

As duas confessaram-se muito cansadas, mas prometeram dar o melhor na final da Eurovisão, a 12 de maio, no Altice Arena, em Lisboa. Isaura garantiu querer "deixar os portugueses orgulhosos". Sabendo que vai ser difícil igualar a vitória inédita de 2017, ficou pelo menos a certeza: "Vamos dar luta."

Cláudia Pascoal referiu ainda que "adorava ver na Eurovisão uma plateia de perucas cor-de-rosa", na referência ao seu tom de cabelo que muda com frequência.

Tanto a compositora como a intérprete falaram também do sentimento em torno da música vencedora. O Jardim fala da perda da avó de Isaura. Um tema "doloroso" mas "reconfortante", nas palavras da cantora de Gondomar. Emoções que o público terá sentido e que levaram as duas à vitória. Já que foi mesmo o público a desempatar esta vitória. "O Jardim" teve a mesma votação que a canção de Júlio Resende e Catarina MIranda ("Para sorrir eu não preciso de nada"), mas saiu vencedora ter conquistado os 12 pontos do televoto.

No Instagram, Isaura deixou um agradecimento: "Obrigada a todos. Obrigada do coração".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG