Bowie domina os Brit Awards em cerimónia emotiva

David Bowie ganhou dois prémios a título póstumo. George Michael também foi homenageado

O cantor David Bowie ganhou a título póstumo dois prémios no Brit Awards, prémios da música britânica, numa cerimónia muito emotiva, que também rendeu homenagem a George Michael, que morreu em dezembro.

David Bowie venceu nas duas categorias para as quais estava indicado, ganhando o prémio de artista britânico e o de melhor álbum por "Blackstar" na cerimónia, que decorreu quarta-feira no O2 Arena de Londres.

David Bowie tornou-se no primeiro artista a ganhar a título póstumo nos Brit Awards.

Aceitando o prémio de melhor álbum em nome do seu pai, o diretor de cinema Duncan Jones falou do apoio de David Bowie às pessoas incomuns.

A artista escocesa Emeli Sande venceu o prémio de artista feminina britânica, quase cinco anos depois de ter saltado pela fama com a sua performance nos Jogos Olímpicos de Londres de 2012.

A estatueta para melhor grupo britânico foi entregue ao The 1975, um quarteto de Manchester.

A cerimónia ficou marcada por momentos de tristeza enquanto as estrelas homenageavam George Michael, cantor dos Wham, que morreu no dia de Natal aos 53 anos.

Leonard Cohen, que morreu em novembro aos 82 anos, e Prince, cuja morte aos 57 anos chocou o mundo da música, também foram lembrados num vídeo.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG