Bosch analisado à lupa e através de infravermelhos

Tríptico do pintor holandês foi desmembrado e está a ser sujeito a análises por parte de uma equipa de especialistas do Bosch Research & Conservation Project.

Quem passar hoje pelo Museu Nacional de Arte Antiga (MNAA), em Lisboa, pode ficar surpreendido com o aparato à volta dos trípticos 'As Tentações de Santo Antão' ou 'Juízo Final', obras emblemáticas de Jheronimus Bosch, que estão a ser analisadas por um grupo de especialistas do Bosch Research & Conservation Projecto (BRCP), que pretendem "fazer uma investigação mais profunda" da obra o artista, obrigando a desmembrar as obras. Os visitantes podem espreitar, mas não há autorização para passar o cordão de segurança. Lá dentro há câmaras fotográficas e computadores. Os painéis são vistos ao microscópio e através de infravermelhos.

Leia mais no e-paper do DN.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG