Autorretrato de Paula Rego falha venda na Christie's

Border Patrol: Self-portrait with Lila, Reflection and Ana, com um valor estimado entre as 200 mil e as 250 mil libras (de 260 mil a 325 mil euros) foi licitado esta sexta-feira na leiloeira londrina

Com uma estimativa base situada entre 200 mil e as 250 mil libras (de 260 mil a 325 mil euros), o quadro de Paula Rego, Border Patrol: Self-portrait with Lila, Reflection and Ana (2004), um raro autorretrato, falhou a venda esta sexta-feira na leiloeira Christie's.

A licitação ocorreu no segundo dia de uma venda de arte contemporânea e do pós-guerra, que inclui obras de Ai Weiwei, Yves Klein, Peter Doig, Francis Bacon, Lucian Freud, David Hockney, Yves Klein, Gerhard Richter, Lucio Fontana e Jean Dubuffet. O leilão ainda está a decorrer.

Na quarta-feira, também o quadro A Madrinha do Toureiro de Paula Rego, em leilão na também londrina Sotheby's, não foi vendido por não atingir o valor mínimo estabelecido pelo vendedor. Tinha uma base de licitação de 360 mil libras, e o martelo soou às 420 mil libras.

A leiloeira estimava que o quadro atingisse valores entre as 500 e as 700 mil libras. Apesar de ter recebido a licitação de meio milhão de euros, esta não atingiu o preço mínimo determinado pelo vendedor, um colecionador norte-americano, e a venda acabou por não ser concretizada.

Border Patrol: Self-portrait with Lila, Reflection and Ana é uma obra feita em pastel sobre papel. Ao lado de Lila Nunes, habitual modelo da pintora, e de Ana, outra colaboradora, vê-se a própria pintora portuguesa, hoje com 81 anos, numa rara representação de si mesma.

Na venda desta sexta-feira, o martelo soou na venda de obras como Dollar Sign, de Andy Warhol, vendido por 260 mil libras ou Cosmos and Demian, do alemão Anselm Kiefer, vendido por 220 mil.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG