Agualusa aposta na rival coreana no Prémio Man Booker

É a primeira vez que um escritor de língua portuguesa chega tão longe no Prémio Man Booker, um dos mais importantes prémios literários.

José Eduardo Agualusa já está em Londres desde ontem para participar esta noite no jantar onde vai ser anunciado o vencedor do Man Booker Prize International. O escritor aposta na sua colega coreana Han Kang, com o romance Vegetariana, como a vencedora do Prémio.

Pelo menos é isso que diz na sua página de Facebook: " [Han Kang é] ...A minha aposta para o The Man Booker International Prize, cujo vencedor será anunciado esta noite, em Londres. Um romance que a D. Quixote irá lançar ainda este ano em Portugal. Aos que estão a torcer pela Teoria Geral do Esquecimento o meu muito obrigado. Abraço a todos..."

Entre os concorrentes não faltam nomes bem mais sonoros: o Nobel Orhan Pamuk e a anónima mais bem sucedida das letras europeias dos últimos anos, Elena Ferrante. No ano passado, também Mia Couto ultrapassou várias etapas da seleção mas não chegou à short-list como é o caso de José Eduardo Agualusa.

Apesar do negativismo de Agualusa, os comentários ignoram a sua opinião e apostam que Teoria Geral do Esquecimento é um sério candidato a vencer o Prémio.

Exclusivos