Startups: das nuvens, para todos os nossos problemas

Eles não são lunáticos, são nuváticos. Tiveram ideias mirabolantes, que se apoiam na tecnologia e no digital e estão de olhos atentos às mudanças que estes permitem. Veja aqui algumas das ideias mais malucas que vão estar a partir de amanhã na Web Summit. E inspire-se. Pode ser que lhe surja, das nuvens, a sua próxima ideia.

As grandes ideias de negócio surgem sempre quando se encontra a solução para alguns dos problemas da vida comum. Sejam estes negócios considerados uma startup tecnológica ou até as mais simples invenções que ficaram para sempre. Um palito vai ser sempre um palito e um garfo vai ser sempre um garfo. Mas num mundo onde parece que tudo já está inventado, a tecnologia veio permitir um outro universo de ideias. E quase todas são à volta de combater alguma necessidade do dia-a-dia, de quem leva uma vida urbana. Pegar no smartphone e encontrar trabalho ou o amor da sua vida, ter um posto de trabalho portátil ou acabar com os sacos de plástico. Tendencialmente uma startup resulta na criação de novos produtos e serviços que as pessoas podem usufruir. Mas também é aceitar o risco de que pode falhar. E falhar. E falhar.

Na Web Summit, que começa amanhã, há de tudo, desde soluções práticas para empresas, marketing digital, ferramentas de gestão, passando pela segurança informática. É um mundo para descobrir e se inspirar. Afinal, às vezes as mais pequenas ideias resultam no maior dos sucessos. Ainda se lembra de como o Facebook foi criado?

Bateria portátil para tudo

A frase inspiracional de Platão "a necessidade é a mãe da invenção" aplica-se a este equipamento portátil. Imagine um power bank, com que carrega a bateria do seu smartphone, mas em tamanho maior. Quem nunca precisou de ligar um portátil sem bateria à corrente? Ou uma máquina fotográfica? O Omnicharge suporta todos os equipamentos eletrónicos, através de uma tomada de 120 volts, assim como portas USB. E a potência disponível é regulável. Apresentam-no como "o primeiro power bank inteligente do mercado - uma bateria com um cérebro". E deixam claro que já não há desculpas: "pode trabalhar a partir de qualquer parte, a qualquer hora".

Web: omnicharge.co

O segundo melhor amigo do seu cão

Quem nunca saiu de casa com pena de deixar o cão sozinho? Ou, mais tarde, saber o que este anda a fazer? Tudo isto e muito mais será possível com o robô inteligente Laïka, "um amigo dos cães, controlável com o smartphone a partir de qualquer lado". Para além de ter uma câmara fotográfica grande angular, que permite ter imagens em tempo real, é possível conduzir o aparelho e interagir com o animal de estimação. Mas este também tem um modo autónomo e "é capaz de brincar com o seu cão e até de educá-lo", pode ler-se no site. Tem outras funções, como notificar o seu dono de que o cão está a ladrar demasiado, assim como recompensá-lo: deixar cair um biscoito, por exemplo. A Laïka é um projeto da startup francesa CamToy, que procura soluções para melhorar o bem-estar diário de animais.

Web: adoptlaika.com

Viajar sem jet lag

O jet lag afeta milhões de viajantes todos os dias e a Timeshifter desenvolveu "a ferramenta mais avançada do mundo para combatê-lo, resultado das mais recentes investigações na área da neurociência e do sono", lê-se no site da aplicação. É testada por "astronautas, atletas de alta competição e empresários de topo", a quem garante o melhor desempenho do corpo nas alturas mais exigentes. Como não há uma solução ideal que se aplique, até porque cada viajante e cada viagem são diferentes, a Timeshifter organiza todas as ações do dia, consoante o fuso horário e as necessidades humanas: "vá dormir", "evite beber café", "procure ver luz". A aplicação foi desenvolvida com a ajuda de Steven Lockley, especialista da Harvard Medical School, que dedicou os últimos 25 anos a estudar o sono e a trabalhar com profissionais da Fórmula 1 e astronautas da NASA. E explica como "combater esta descompensação do cérebro - sobretudo ter cuidado com a saúde". É caso para relembrar: nada como dormir bem

Web: timeshifter.com

Trabalho temporário

A Brigad procura oferecer às empresas a facilidade de encontrar a pessoa certa para um trabalho temporário ou apenas pontual: por exemplo, empregado de mesa para um restaurante, um profissional para servir num bar ou um ajudante de cozinha, com níveis diferentes de experiência. A plataforma já funciona em cidades onde a procura nesta área é muita, como Londres e Paris, também já se estendendo a Lyon. Cada pessoa tem um perfil online e gere as propostas conforme a disponibilidade do seu calendário laboral. Não há a necessidade de assinar um contrato, já que "a relação burocrática é entre a empresa e a Brigad". E os pagamentos estão assegurados ao fim de sete dias, garantem. Foi lançada em 2016 e em dois anos registou um crescimento de 300%. Atualmente conta com 40 funcionários e um investimento na ordem dos seis milhões de euros.

Web: brigad.co

Encontrar o amor da vida

Pheramor é a aplicação de "namoros" que quer ser muito mais do que isso. Ao contrário do Tinder, esta não incentiva que, em cada perfil, o utilizador apenas deslize o dedo no ecrã: "sim ou não". O que faz é "medir a compatibilidade de duas pessoas com base em 11 genes, mostrando-lhe uma análise da atração". Afirmam que, noutras redes sociais, 50 milhões de utilizadores sofrem de primeiros maus encontros. A app tem um algoritmo para fazer o tal match com a pessoa certa. Os estudos estão apresentados no site e confirmados por especialistas. E em cada perfil não são visíveis traços pessoais como idade, raça étnica, cor do cabelo ou peso. O utilizador encomenda para sua casa o kit Pheramor, no qual está um cotonete para passar no interior da bochecha e retirar algumas células. Devolve a caixa e a informação é cruzada com social data. Será que realmente funciona?

Web: pheramor.com

Roupa para ir à Lua

A marca de roupa Oros nasceu para dar resposta à seguinte pergunta: "Se o equipamento da NASA é bom o suficiente para vestir no espaço, não deveria ser bom também para usar na Terra?" Casacos há muitos, mas estes usam aerogel, um dos materiais conhecidos mais leves e isolantes - como se pode ler no site da NASA. É uma solução feita a partir de sílica, a principal matéria-prima para a produção de vidro. O resultado é "roupa confortável para o dia-a-dia, preparada para enfrentar condições meteorológicas extremas, mantendo a temperatura do corpo". Há equipamento para homem e mulher, desde gorros, luvas, casacos e calças adequados para a neve, e até leggings. Nunca mais terá de vestir várias camadas de roupa...

Web: orosapparel.com

Enviar presentes

A 4gifters apresenta-se como "a primeira plataforma dedicada ao envio de presentes, em tempo real, a partir de qualquer parte do mundo". Desde roupa e acessórios, peças de arte, equipamento tecnológico, assim como vouchers com experiências exclusivas, garantem ter parceria com algumas das mais prestigiadas marcas do mundo. Exemplo: "Se está em Nova Iorque e se esqueceu completamente do aniversário de um amigo, que vive em Roma, isso não é um problema." No exato momento, a outra pessoa recebe um código por mensagem e e-mail, com um convite para levantar a oferta numa loja física. É possível optar também por um presente em grupo, dando a hipótese de outros amigos contribuírem. Tudo à distância de "um clique". A 4gifters foi fundada em 2014 pelo empreendedor italiano Giorgio Finzi. Dois anos depois, tornou-se a primeira startup italiana a receber financiamento por parte do eBay, o negócio líder internacional de retalho online, que adquiriu 10% da empresa.

Web: 4gifters.com

Acabar com os sacos de plástico

Combater os resíduos de plástico é cada vez mais uma necessidade e uma urgência ambiental. Foi por isso que, em 2010, Daphna Nissenbaum e Tal Neuman lançaram a marca TIPA, que "cria soluções de embalagens flexíveis e biodegradáveis". Como? Imagine-se a casca de uma laranja. É uma proteção natural, que se decompõe na totalidade e não deixa resíduos tóxicos. Este é o ponto de partida para o objetivo da empresa, que é oferecer às marcas um substituto natural, garantindo "a mesma durabilidade, a transparência e um prazo de validade". Tal como é esperado das embalagens de plástico convencional. Para isso têm uma equipa de especialistas industriais, em química e bioplásticos, que já conseguem finalizar embalagens "amigas do ambiente". Uma tecnologia patenteada e sem grande explicação sobre as propriedades usadas. Afinal, o segredo é alma do negócio.

Web: tima-corp.com

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG