Aldeias finalistas já sonham com o aumento do turismo

Distinção de "maravilha de Portugal" vista como oportunidade de desenvolvimento e visibilidade da região. Sistelo e Paderne venceram na categoria das aldeias rurais

O crescimento do turismo e do comércio é a grande ambição de Sistelo, em Arcos de Valdevez, e Paderne, em Albufeira, que ganhou força com o estatuto de finalistas das 7 Maravilhas de Portugal. Estas duas aldeias juntam-se a Santa Clara-a-Velha, em Odemira, e Dornes, em Ferreira do Zêzere, também já apuradas para a gala final, que se realiza a 3 de setembro

O projeto das 7 Maravilhas de Portugal promove as aldeias portuguesas em diversas categorias, e é uma "excelente forma" de aumentar o setor turístico, como sublinha João Esteves, presidente da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez. "Esta chamada de atenção para as aldeias faz com que o interesse das pessoas por estes territórios aumente, o que leva a um crescimento do número de visitas. Esperamos que este reconhecimento permita desenvolver o emprego na região. Pode ser uma oportunidade de fixar os visitantes", comenta João Esteves, presidente da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez. Para o autarca, o projeto das 7 Maravilhas de Portugal, que promove as aldeias portuguesas em diversas categorias, poderá também contribuir para travar a desertificação de algumas regiões: "seria muito interessante que os nossos emigrantes encarassem esta distinção como uma oportunidade de regressarem à sua terra, e criarem aqui o seu rendimento".

Dar a conhecer a história das aldeias rurais finalistas é outro dos grandes objetivos da iniciativa. E todas têm algo para contar. Paderne, por exemplo, orgulha-se da sua origem muçulmana, com uma grande muralha do século XI e XII, que se tornou símbolo do local. O castelo de Paderne é um marco nacional por ser um dos sete castelos representados na bandeira de Portugal.

Já Sistelo, localizada próximo do Parque Nacional da Peneda-Gerês, exibe estruturas únicas, como os socalcos que moldam os terrenos e a paisagem, e a misteriosa Casa do Castelo de Sistelo, construída no século XIX e que atualmente é motivo de interesse na região.

Para João Esteves é este passado que as tornam únicas e merecedoras da distinção de "maravilha de Portugal" "Este tipo de iniciativas valoriza o património construído e este modo de vida rural que às vezes parece estar condenado a desaparecer. É uma oportunidade de divulgar estas regiões e de potenciar o desenvolvimento", acrescenta.

A próxima gala decorre domingo, dia 23 de julho, com transmissão na RTP1, às 21.00, a partir da aldeia de Azenhas do Mar, em Sintra. Esta gala elege as duas finalistas na categoria de aldeias de mar. Em concurso estarão as aldeias de Costa Nova (Aveiro), a anfitriã aldeia de Azenhas do Mar (Sintra), Porto Covo (Sines), Zambujeira do Mar (Odemira), Ferragudo (Lagoa), Porto Moniz (Madeira) e Fajã dos Cubres (Açores).

A eleição é feita por chamada telefónica que se inicia às 11.30 de domingo, e só termina durante a gala. A votação final decorre de 27 de agosto a 3 de setembro, dia em que serão conhecidas as sete vencedoras, uma de cada categoria, de entre as 49 aldeias a concurso, numa gala especial que vai decorrer no Piódão

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Últimas notícias

Conteúdo Patrocinado

Mais popular

  • no dn.pt
  • Sociedade
Pub
Pub