O estranho caso da mandatária nacional que nunca o foi

Marcelo Rebelo de Sousa apresentou uma mandatária nacional que não desempenha essas funções nem ocupa esse cargo a título oficial. Mandatário é ex-dirigente do Benfica

É jovem? É. É cientista? É. É mandatária nacional de Marcelo? Não. Afinal, Maria Pereira - que tem sido apresentada como mandatária nacional de Marcelo Rebelo de Sousa - não é oficialmente a mandatária nacional. O cargo é ocupado por um antigo presidente do Conselho Fiscal do Benfica, Fernando Fonseca Santos.

Na candidatura dos afetos, Maria Pereira, a cientista de 29 anos, é assim apenas uma espécie de mandatária no domínio espiritual, pois quem assume as funções - na prática - é um amigo de Marcelo, Fernando Fonseca Santos. O caso foi ontem divulgado nas redes sociais e aproveitado por críticos de Marcelo, para denunciarem as incoerências do candidato. O comentador político Daniel Oliveira, no Facebook, aproveitou também para criticar a postura da imprensa: "É tão relaxado o escrutínio da comunicação social sobre a campanha de Marcelo que ninguém deu por nada".

Marcelo disse, quando apresentou Maria Pereira como mandatária nacional que a cientista "representa tudo o que eu quero para a minha candidatura."

Fernando Fonseca Santos é advogado e tem uma extensa atividade de gestão, tendo sido administrador da Reditus e de empresas como a Global Vida, a Estoril-Sol, o Banco Crédito Predial Português, entre vários outros cargos de gestão, incluindo de sociedades macaenses.

Últimas notícias

Recomendadas

Contéudo Patrocinado

Mais popular