Marinheiro que se pensava ter caído ao mar há sete dias encontrado no navio

A tripulação do USS Shiloh continuou à procura e encontrou o companheiro na casa das máquinas. O caso está a ser investigado

Um marinheiro norte-americano foi encontrado no navio onde estava colocado, sete dias depois de ter sido dado como desaparecido. Os superiores de Peter Mims pensavam que este tinha caído ao mar e já era dado como morto quando foi encontrado vivo no mesmo USS Shiloh de onde tinha "desaparecido".

O jovem técnico de sistemas de turbinas a gás tinha sido visto pela última vez a 8 de junho quando o navio estava perto de Okinawa, no Japão. O seu desaparecimento levou a marinha norte-americana e a japonesa a lançarem operações de buscas que acabaram por ser suspensas três dias depois, quando já não havia esperança de encontrar o homem com vida.

A tripulação do USS Shiloh continuou à procura e encontrou o companheiro na casa das máquinas, anunciou a marinha esta quinta-feira. "Estamos agradecidos por ter encontrado o nosso companheiro desaparecido e apreciamos todo o trabalho árduo dos nossos marinheiros e dos nossos parceiros japoneses nas buscas", disse o comandate Charles Williams.

O Shiloh é uma navio de guerra com 172 metros de comprimento e uma tripulação de cerca de 300 pessoas, de acordo com o site da marinha norte-americana.

Mims foi transferido para o USS Reagan para uma avaliação médica. O caso está a ser investigado.

Últimas notícias

Conteúdo Patrocinado

Mais popular

  • no dn.pt
  • Mundo
Pub
Pub