Banksy oferecia obra a quem votasse contra May... até perceber que é ilegal

Desenho feito por Bansky em Dover, na Inglaterra

Artista retirou a oferta após as autoridades britânicas começarem uma investigação

O artista britânico Banksy prometeu oferecer uma impressão exclusiva gratuita de um desenho aos cidadãos que votassem contra Theresa May nas eleições gerais de quinta-feira, mas viu-se obrigado a retirar a proposta por esta ser considerada uma oferta eleitoral e "legalmente duvidosa".

A oferta foi anunciada no Instagram do artista a 3 de junho. A publicação explicava que, para receber uma obra exclusiva de edição limitada de Banksy, os utilizadores deveriam enviar ao artista uma fotografia do boletim de voto, para provar que votaram contra o partido conservador da primeira-ministra.

No entanto, apenas pessoas de seis circunscrições de Bristol poderiam participar. Numa nota de rodapé, Banksy dizia que a promoção não foi feita "de forma alguma para influenciar a escolha do eleitorado".

A obra em questão era uma recriação da famosa imagem de uma menina com um balão em forma de coração a voar, conhecida como Balloon Girl. Na versão de Banksi, o balão que voa tinha a bandeira do Reino Unido.

Dias depois, na segunda-feira à noite, o próprio artista cancelou a proposta. "Fui avisado pela Comissão Eleitoral de que a oferta de uma impressão grátis iria invalidar os resultados eleitorais", dizia a publicação de Banksi, novamente no Instagram.

"Lamento anunciar que a oferta mal concebida e legalmente duvidosa foi cancelada", continuava o comunicado.

A polícia de Avon e Somerset confirmou na segunda-feira que estava a investigar este caso num comunicado divulgado no Twitter. As autoridades dizem ter recebido "várias queixas sobre uma oferta gratuita de uma impressão de Banksy" a quem votasse "de certa forma".

A polícia esclareceu que tal oferta é uma "ofensa criminal" e que "qualquer pessoa que participe na oferta de receber o presente corre o risco de ser julgada".

Os utilizadores mostraram-se tristes pelo cancelamento da oferta e algusn sugeriram que Banksy doasse as impressões exclusivas para caridade.

Últimas notícias

Conteúdo Patrocinado

Mais popular

  • no dn.pt
  • Mundo
Pub
Pub