Portugal afetado pela recolha europeia de Mars e Snickers

Operação foi desencadeada após um consumidor ter detetado um pedaço de plástico numa embalagem de Snickers comprada na Alemanha

A Mars Portugal anunciou que vai promover a recolha voluntária de determinados lotes de chocolates Mars e Snickers do mercado, depois de um pedaço de plástico ter sido encontrado numa tablete comprada a 08 de janeiro na Alemanha.

"A qualidade e a segurança alimentar são imperativos dos quais a Mars não abdica. Assim, a empresa decidiu promover, por precaução, uma recolha voluntária de determinado lotes das marcas Snickers e Mars", afirmou a representante portuguesa do grupo alimentar, em comunicado.

A decisão surge perante a possibilidade de algumas das barras de chocolate destas marcas poderem conter pequenos pedaços de plástico vermelho, segundo a Mars, que diz tratar-se de "um incidente isolado".

O grupo agroalimentarMars ordenou uma gigantesca retirada de chocolatesMars e Snickers em 55 países, depois de um pedaço de plástico ter sido encontrado numa tablete.

"Pelo que sabemos estão envolvidos 55 países", disse uma responsável do grupo para a Holanda, Eline Bijveld, à agência France Presse, adiantando que a recolha "apenas diz respeito aos produtos produzidos na Holanda" na fábrica do grupo Mars na cidade de Veghel (sul).

A decisão surge depois de um consumidor ter encontrado um pedaço de plástico vermelho numa tablete de Snickers comprada a 08 de janeiro na Alemanha.

Após se ter queixado à Mars, verificou-se que o plástico provinha da fábrica em Veghel, de uma capa protetora utilizada no processo de fabrico.

"Estamos a investigar o que é que aconteceu exatamente, mas não podemos ter a certeza de que o pedaço de plástico vermelho não se encontra noutro dos nossos produtos da mesma linha de produção", disse Bijveld.

Assim, o grupo decidiu de modo "voluntário" e "por precaução" ordenar a recolha de produtos em vários países, incluindo a maioria dos europeus, como Holanda, Alemanha, França e Reino Unido, bem como o Sri Lanka e o Vietname.

Segundo Bijveld, a retirada não se estende aos Estados Unidos.

Trata-se da primeira vez que a Mars tem de retirar produtos feitos na fábrica de Veghel, que abriu em 1963 e que emprega 1.200 pessoas.

A Mars Incorporated é um gigante norte-americano do setor agroalimentar, conhecido sobretudo pelos seus chocolates, mas que fabrica também arroz, massas e alimentos para animais domésticos.

Últimas notícias

Contéudo Patrocinado

Mais popular