Este é o Iqos, o cigarro da Philip Morris para substituir os tradicionais

A empresa dona da Marlboro quer passar a produzir apenas este produto, que aquece o tabaco em vez de o queimar

A maior tabaqueira do mundo, a Philip Morris Internacional, anunciou que pode deixar de vender os tradicionais cigarros e passar a vender apenas o Iqos, um cigarro que aquece o tabaco em vez de o queimar.

O próprio CEO da Philip Morris disse numa entrevista à BBC que reconhece que "os seus produtos prejudicam os consumidores e que a única solução é encontrar e comercializar produtos que não são tão prejudiciais", garantindo que gostaria de trabalhar com os governos na eliminação dos cigarros tradicionais.

O Iqos oferece no entanto a mesma quantidade de nicotina dos cigarros tradicionais mas, de acordo com o fabricante, menos 90% de inalação de toxinas dos cigarros normais e não produz cinza nem fumo.

O pack que inclui uma boquilha e o carregador onde fica a boquilha quando não está a ser usada tem um custo a rondar os 82 euros.

Este produto custou quase 3 mil milhões euros para ser desenvolvido e já existe em Portugal desde o final do ano passado.

Últimas notícias

Conteúdo Patrocinado

Mais popular