Vanessa Fernandes foi 13.ª classificada no regresso ao triatlo

A triatleta portuguesa regressou com o 13º lugar na Taça da Europa de Quarteira após ausência de seis anos

A triatleta portuguesa Vanessa Fernandes regressou este sábado às provas internacionais de triatlo, depois de uma ausência de seis anos, concluindo a Taça da Europa de Quarteira no 13.º lugar, enquanto a compatriota Melanie Santos foi oitava.

"Não sabia qual seria a minha reação. Tive de ser tranquila, pensar em mim e nos objetivos futuros. Isto foi um treino. Terminar esta prova não era fácil e estou emocionada por ter concluído novamente um triatlo olímpico", confessou a vice-campeã olímpica de 2008, após a prova de elites femininos.

Depois de um primeiro segmento (1.500 metros) na natação, onde teve algumas dificuldades - saiu na transição no 27.º lugar -, Vanessa Fernandes integrou o segundo pelotão no setor de ciclismo (20 quilómetros).

Gerindo o esforço e vendo o primeiro grupo, onde seguiam duas portuguesas (Melanie Santos e Andreia Ferrum), aumentar a distância na segunda fase da prova, Vanessa resguardou-se para o terceiro e último segmento.

Foi no atletismo (10 quilómetros) que a triatleta portuguesa mais consagrada conseguiu a melhor prestação, recuperando 19 posições entre o 32.º lugar na transição e o 13.º lugar final, com um tempo de 02:05.31 horas, a 5.24 minutos da vencedora, a inglesa Sophie Coldwell (02.00.07 horas).

"Na natação não estava fácil e depois tive de gerir bastante na bicicleta. (...) As transições foram horríveis, mas sei bem o que tenho de trabalhar. As coisas difíceis só se ultrapassam com superação", realçou Vanessa Fernandes.

A triatleta deixou "um agradecimento do tamanho do universo inteiro" aos adeptos portugueses que a apoiaram ao longo do percurso: "Estas pessoas quiseram levar-me até ao fim. O público foi maravilhoso".

No seu estilo direto, Vanessa prometeu continuar a trabalhar para continuar a obter bons resultados no percurso até aos Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020.

"Se com duas semanas e meia de treino, aguentei-me mais ou menos, então se treinar mais...", disse

A melhor portuguesa foi Melanie Santos, que saiu da natação no primeiro lugar e esteve no pelotão da frente no ciclismo, mas acabou por ter um percurso de atletismo mais fraco, terminando no oitavo lugar, com um tempo de 02:02.31 horas.

"Fiz uma natação mais forte do que esperava e depois arrisquei na primeira fase da bicicleta, em que só eu e outra triatleta trabalhávamos. Acabei por pagar a fatura na corrida, onde não me senti como esperava. Mas fiquei satisfeita", afirmou a triatleta portuguesa.

Na prova de elites femininos da Taça da Europa, competiram ainda mais quatro portuguesas: Andreia Ferrum (19.ª), Liliana Alexandre (27.ª), Helena Carvalho (31.ª) e Ana Ramos (34.ª).

Últimas notícias

Conteúdo Patrocinado

Mais popular