Uma viagem pelos misteriosos caminhos do cérebro

Para os mais novos e para os não tão novos, "Cá Dentro" mostra-nos como é o cérebro e o tanto que ainda nos falta saber.

Depois de ter publicado Lá Fora, um livro que era um guia para descobrir a natureza que nos rodeia, no campo ou na cidade, todos os dias do ano, os responsáveis da Planeta Tangerina ficaram logo com vontade de fazer um Cá Dentro. Mas o que seria esse "cá dentro"? Atividades para fazer dentro de casa? Os segredos do centro da Terra? O que acontece dentro do corpo humano? Hummm e se fosse uma viagem dentro da nossa cabeça, ou seja, pelo nosso cérebro?

É isso mesmo que acontece neste Cá Dentro - Guia para descobrir o cérebro, que agora chega às livrarias, com textos de Isabel Minhós Martins e Maria Manuel Pedrosa e ilustrações de Madalena Matoso: uma longa viagem de mais de 360 páginas pelos recantos do cérebro de maneira a que todos possam perceber (ou, pelo menos, perceber aquilo que nos é possível perceber). "Sempre achei incrível o facto de já viajarmos a outros planetas e o funcionamento do cérebro humano permanecer ainda não misterioso", diz Isabel Minhós Martins sobre as motivações que a levaram a este projeto. "Ou seja, conhecermos o que é tão longínquo e desconhecermos o que nos é tão próximo."

"Cá dentro tens um cérebro. Mas só sabes que tens um cérebro porque tens um cérebro cá dentro." É assim que começa a viagem. Com pequenas constatações, aparentemente simples, sobre o que é isto de ter um cérebro, as suas funções e o seu funcionamento. Depois, à medida que passamos as páginas, as coisas vão-se tornando cada vez mais complexas.

Fazer este livro foi também um processo de aprendizagem para as autoras. "Interessava-nos o pensamento, a memória, a criatividade. Mas sabíamos muito pouco sobre o funcionamento do cérebro e tivemos que mergulhar no assunto. Depois apercebemo-nos que é infinito, o cérebro está ligado a tudo. Nem os cientistas sabem tudo", explica Isabel Minhós Martins.

Para fazer este livro, as autoras contaram com um grupo de "revisores", cujo trabalho foi essencial: Ana Rita Fonseca (doutorada em neurociências), Ana Valverde (neurologista), Dina Mendonça (investigadora de filosofia), Joana Rato (investigadora em neuropsicologia), Patrícia Correia (investigadora em neurociências) e Paulo Pires do Vale (professor universitário de práticas artistas e processos pedagógicos).

Destinado a leitores adolescentes e aos seus pais, Cá Dentro tem diferentes níveis de leitura e diferentes portas de entrada: há o lado mais científico (os mapas do cérebro, o funcionamento dos neurónios) mas há também uma grande parte mais prática: os sentidos, as emoções, a aprendizagem, a memória; de que forma o cérebro determina aquilo que fazemos ou de que maneira aquilo que fazemos influencia o nosso cérebro.

Se explicar a complexidade do cérebro de maneira simples já é um enorme desafio, imagine-se como terá sido difícil a tarefa da ilustradora Madalena Matoso. O recurso às comparações resulta lindamente: vemos o cérebro como uma colmeia onde as abelhas não param de trabalhar, percebemos melhor o que é isso de ter consciência do "eu" se nos imaginarmos com duas cabeças, uma a falar com a outra, olhar para a comunidade como um puzzle feito de diferentes cérebros ajuda-nos a perceber porque é que precisamos uns dos outros.

Cá Dentro já está à venda mas a sessão de lançamento será só no dia 12 de maio, na Fundação Champalimaud, em Lisboa.

Cá Dentro
Isabel Minhós Martins, Maria Manuel Pedrosa e Madalena Matoso
Editora Planeta Tangerina
PVP: 24,60 euros

Últimas notícias

Conteúdo Patrocinado

Mais popular

  • no dn.pt
  • Artes
Pub
Pub