Redescobrindo Iggy Pop e The Stooges

GIMME DANGER, de Jim Jarmusch

No último Festival de Cannes, o americano Jim Jarmusch foi um dos autores em destaque através de dois filmes bem diversos: Paterson, com Adam Driver, que integrou a secção competitiva, e este documentário, Gimme Danger, centrado na figura exuberante de Iggy Pop. Em boa verdade, não se trata de um retrato individual, mas sim da evocação da saga da banda The Stooges, referência fundamental nos tempos de emergência do punk.

Não se pode dizer que Jarmusch proponha grandes inovações na estrutura deste tipo de abordagens (nem estava obrigado a fazê-lo): trata-se de organizar uma teia de informações e entrevistas em que a riqueza dos materiais de arquivo se revela fundamental. Daí decorre, aliás, um dos aspetos mais sugestivos do filme, não se limitando a acumular dados e testemunhos, antes propondo uma visão dialética do modo como a explosão criativa de The Stooges ficou inscrita no espaço mediático. Além do mais, sublinhemos a importância desta continuada abertura do mercado português aos documentários - a diversidade da oferta é um valor insubstituível.

Classificação: *** bom

Últimas notícias

Conteúdo Patrocinado

Mais popular

  • no dn.pt
  • Artes
Pub
Pub