Colégio Santa Maria visita o Media Lab DN

Ecologia foi o tema em destaque nesta visita

Nesta terça-feira, os alunos do 7º ano do Colégio Santa Maria participaram no workshop "Ecojornalistas: Missão 3R". Esta atividade, para além de promover a literacia mediática foca-se na prevenção e na compreensão de assuntos relacionados com o meio ambiente e pretende sensibilizar os mais jovens para a gestão eficaz dos resíduos urbanos.

A visita começou pela visualização de um vídeo alusivo à história do Diário de Notícias, e de seguida, os estudantes aprenderam noções básicas de jornalismo e conheceram os principais critérios noticiosos. Foram ainda alertados para os perigos adjacentes ao uso da internet, como o cyberbullying, o clickbait, as identidades anónimas e o conceito das fake news.

Pondo mãos à obra, os jovens dividiram-se em pares e começaram a completar as suas primeiras páginas, sempre com notícias enquadradas na temática da ecologia.

No final, testemunharam o trabalho de um jornalista em ambiente de redação, e a dinâmica do seu local de trabalho, compreendendo melhor os horários e desafios de criar um jornal, nos seus dois formatos: digital e impresso.

O Media Lab é um projeto educativo para promover a literacia mediática com vista a formar cidadãos ativos.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Ricardo Paes Mamede

Legalização da canábis, um debate sóbrio 

O debate público em Portugal sobre a legalização da canábis é frequentemente tratado com displicência. Uns arrumam rapidamente o assunto como irrelevante; outros acusam os proponentes de usarem o tema como mera bandeira política. Tais atitudes fazem pouco sentido, por dois motivos. Primeiro, a discussão sobre o enquadramento legal da canábis está hoje em curso em vários pontos do mundo, não faltando bons motivos para tal. Segundo, Portugal tem bons motivos e está em boas condições para fazer esse caminho. Resta saber se há vontade.

Premium

nuno camarneiro

É Natal, é Natal

A criança puxa a mãe pela manga na direcção do corredor dos brinquedos. - Olha, mamã! Anda por aqui, anda! A mãe resiste. - Primeiro vamos ao pão, depois logo se vê... - Mas, oh, mamã! A senhora veste roupas cansadas e sapatos com gelhas e calos, as mãos são de empregada de limpeza ou operária, o rosto é um retrato de tristeza. Olho para o cesto das compras e vejo latas de atum, um quilo de arroz e dois pacotes de leite, tudo de marca branca. A menina deixa-se levar contrariada, os olhos fixados nas cores e nos brilhos que se afastam. - Depois vamos, não vamos, mamã? - Depois logo se vê, filhinha, depois logo se vê...