Alerta de fraude. Se receber telefonema em nome da Microsoft desconfie

Centro Nacional de Cibersegurança lança alerta sobre fraude utilizando o nome da Microsoft.

O Centro Nacional de Cibersegurança lançou um alerta, na quinta-feira, sobre a tentativa de roubo de informações e/ou ataque de ransomware. "Tem-se vindo a notar um aumento de telefonemas fraudulentos em nome da empresa Microsoft, que incentivam as vítimas a instalar programas maliciosos no seu computador, com a intenção de roubar informações e/ou cifrar o conteúdo das máquinas, exigindo um resgate", lê-se no comunicado.

Além disso, os criminosos tentam "aceder a detalhes dos cartões de crédito das vítimas".

O organismo recomenda que quem for contactado deve ignorar as pessoas, não fornecer qualquer dado pessoal e que faça queixa às autoridades. Pode fazê-lo aqui.

O Centro Nacional de Cibersegurança é o órgão do Estado que tem por missão zelar para que o ciberespaço seja um lugar onde os portugueses possam navegar de forma "livre, confiável e segura". O organismo foi criado em 2014 e funciona no âmbito do Gabinete Nacional de Segurança.

Exclusivos

Premium

Ferreira Fernandes

"Corta!", dizem os Diáconos Remédios da vida

É muito irónico Plácido Domingo já não cantar a 6 de setembro na Ópera de São Francisco. Nove mulheres, todas adultas, todas livres, acusaram-no agora de assédios antigos, quando já elas eram todas maiores e livres. Não houve nenhuma acusação, nem judicial nem policial, só uma afirmação em tom de denúncia. O tenor lançou-lhes o seu maior charme, a voz, acrescida de ter acontecido quando ele era mais magro e ter menos cãs na barba - só isso, e que já é muito (e digo de longe, ouvido e visto da plateia) -, lançou, foi aceite por umas senhoras, recusado por outras, mas agora com todas a revelar ter havido em cada caso uma pressão por parte dele. O âmago do assunto é no fundo uma das constantes, a maior delas, daquilo que as óperas falam: o amor (em todas as suas vertentes).