Greta Thunberg já está em águas portuguesas

A ativista do clima está ao largo da costa dos Açores, a 1140 milhas náuticas de Lisboa.

Foi a própria jovem sueca que, através das redes sociais Twitter e Instagram, anunciou que já está em águas territoriais portuguesas, ao largo dos Açores. Greta Thunberg viaja a bordo de um catamarã que navega a noroeste do arquipélago dos Açores, a 1140 milhas náuticas de Lisboa.

O seu percurso pelo oceano Atlântico pode ser acompanhado através do sitehttps://tracker.borisherrmannracing.com/

No texto, Greta diz que tem ocupado o tempo com livros-áudio, fazendo babysitting e jogando Yatzi (um jogo da dados), além de "ouvir discussões intermináveis sobre o estado do tempo". Com ela, no catamarã La Vagabonde, viajam os australianos Riley Whitelum e Elayna Carausu, com uma filha de 11 meses, Lenny, e o skipper inglês Nikki Henderson.

A 13 de novembro, a jovem ambientalista saiu do porto de Salt Ponds, no estado norte-americano de Virgínia, num catamarã, mesmo numa época em que o oceano Atlântico não é muito convidativo a viagens marítimas. Greta decidiu viajar de barco como forma de alerta para a poluição causada pelos aviões.

Em Portugal, a jovem está convidada para uma sessão na Assembleia da República promovida pela comissão parlamentar de Ambiente, Energia e Ordenamento do Território, que deverá realizar-se entre o final deste mês e o início de dezembro. Depois segue para Madrid, onde participará na Cimeira do Clima.

Faz a viagem em sentido inverso, após,em agosto, ter feito o percurso do Reino Unido para Nova Iorque no veleiro ecológico de Pierre Casiraghi, filho de Carolina de Mónaco, para participar na Cimeira das Nações Unidas sobre as alterações climáticas.

Greta Thunberg tirou um ano sabático dos estudos para alertar para a urgência de medidas para combater as alterações climáticas. Em setembro de 2018, a menina de 16 anos iniciou sozinha uma greve às aulas, colocando-se em frente ao Parlamento sueco: quis chamar a atenção para as alterações climáticas. Acabou a inspirar um movimento global que a tem levado a falar em conferências e a ser recebida por chefes de Estado.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG