Prejuízos do mau tempo de fevereiro podem chegar aos 15 milhões

Prejuízos foram registados em 57 municípios no norte e centro do país

As intempéries registadas em Portugal em fevereiro afetaram 2.962 explorações agrícolas em 57 municípios no norte e no centro do país, informou hoje o ministro da Agricultura, estimando prejuízos entre os dez e os 15 milhões de euros.

De acordo com o levantamento de prejuízos e medidas de apoio necessárias para os agricultores afetados pelo mau tempo no Douro e no Baixo Mondego, apresentado hoje pelo ministro da Agricultura, Capoulas Santos, foram atingidas 2.962 explorações em 57 municípios e registadas 3.115 declarações de prejuízos, já que alguns proprietários têm mais do que uma situação de danos na mesma exploração.

Capoulas Santos referiu que a confirmação precisa do montante a envolver na reparação dos estragos só pode ser feita no final do processo de obras, mas o Governo tem estimado prejuízos entre dez e 15 milhões de euros.

Os lesados que comunicaram os prejuízos durante o levantamento poderão candidatar-se a linhas de apoio entre 15 e 30 de abril e poderão começar as obras, após aprovação, sendo ressarcidos consoante a apresentação de comprovativos de despesa.

O apoio disponível refere-se à replantação das vinhas, reposição dos muros de suporte destruídos pelo mau tempo e o restabelecimento do potencial produtivo de equipamentos e infraestruturas e pode ir até um financiamento de 85%, a fundo perdido.

Exclusivos

Premium

Gastronomia

Quem vai ganhar em Portugal as próximas estrelas Michelin

É já no próximo dia 20, em Sevilha, que vamos conhecer a composição ibérica das estrelas Michelin para 2020. Estamos em festa, claro, e festejaremos depois com os nossos bravos, mesmo sabendo que serão poucos para o grande nível a que já chegámos. Fernando Melo* escreve sobre os restaurantes que podem ganhar estrelas Michelin em 2020 em Portugal.