Discutir acesso à inovação e cuidados de saúde

Encontro anual GSK/ViiV Healthcare para Associações de Doentes realiza-se pelo segundo ano consecutivo em modo virtual.

"Queremos contribuir para a maior capacitação dos responsáveis e representantes de associações de pessoas com doença crónica". Com esta afirmação, Guilherme Ferreira, diretor de Acesso ao Mercado e Relações Externas da multinacional farmacêutica GSK resume a iniciativa de amanhã que pretende "proporcionar espaço de formação, informação e discussão com especialistas de diferentes áreas e matérias consideradas críticas para estas estruturas". A conclusão é ter associações de doentes mais atuantes e bem-sucedidas na missão de defender os interesses dos associados.

O tema central da iniciativa, realizada pelo segundo ano consecutivo em modo virtual, centra-se no acesso à inovação. Contundente, Guilherme Ferreira explica que o assunto não pode continuar a ser visto apenas pelo lado frio dos números. "A grande preocupação, senão a única, das autoridades de saúde é com os custos e gastos do Serviço Nacional de Saúde. Devemos privilegiar o interesse superior dos doentes e tomar decisões com base nos ganhos de saúde que a inovação proporciona".

Cuidar Mais da Saúde Mental

O "Encontro Anual GSK / ViiV Healthcare Para Associações de Doentes" é a versão portuguesa de uma iniciativa global da GSK que ao longo de quase 10 anos contou com a participação de mais de 250 representantes e quase uma centena de associações de doentes. Maria do Rosário Zincke, presidente da Plataforma Saúde em Diálogo da qual fazem parte 56 associações, quase todas de doentes, mas também associações de promotores de saúde, de profissionais de saúde e até de consumidores, vai questionar o acesso à inovação e aos cuidados de saúde, em Portugal, no período pós pandemia. Por antecipação disse ao DN que coloca a saúde mental no topo das preocupações. "Entre todos os problemas que a pandemia agravou, atrevo-me a dizer que a saúde mental já de si muito vulnerável tem vindo a agravar-se, e muito, nestes momentos conturbados, em que as pessoas saem das rotinas, e têm de se dedicar a múltiplas tarefas, nomeadamente, à tarefa de cuidar de quem lhe está mais próximo".

O Infarmed que está a desenvolver o projeto Incluir também vai estar representado na sessão. Margarida Oliveira da direção de avaliação de medicamentos do Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde será uma das oradoras debruçando-se sobre o tema das associações de doentes como parceiro estratégico. A sessão desta sexta-feira promovida pela GSK e pela Viiv para as associações de doentes vai acontecer entre as 09h00 e as 12h30. A participação online obriga a registo prévio em https://encontrogskviivassociacoesdoentes.vsmeeting.pt onde está também disponível o programa completo da iniciativa apoiada pelo DN e TSF.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG