11 janeiro 2017 às 19h20

Urânio que já não serve para produzir energia será armazenado em Almaraz

Associação ambiental alerta que estes resíduos "ainda são altamente radioativos" e serão durante milhões de anos

/img/placeholders/redacao-dn.png
DN/Lusa
/img/placeholders/redacao-dn.png
DN/Lusa