Secundário. Rapazes têm melhores notas apenas a quatro disciplinas

Rapazes destacaram-se apenas nas disciplinas de Biologia e Geologia, Geografia, Geometria Descritiva e Inglês

As raparigas do secundário tiveram melhores notas na maioria dos exames nacionais de 2017 e os rapazes destacaram-se apenas nas disciplinas de Biologia e Geologia, Geografia, Geometria Descritiva e Inglês.

As raparigas tiveram, em média, 11 valores nos exames nacionais enquanto eles obtiveram 10,7 valores numa escala de zero a 20, segundo uma análise feita pela agência Lusa aos mais de 211 mil exames realizados no ano passado.

Nas 18 disciplinas analisadas, os rapazes conseguiram ter melhores notas em apenas quatro: a Geometria Descritiva, tiveram em média de mais dois valores do que as raparigas; a Inglês a diferença foi de sete décimas; a Geografia A as notas foram quase 5 décimas acima e a Biologia e Geologia a diferença foi de mais uma décima.

Além de terem melhores resultados nos exames, as raparigas também se destacaram nas notas atribuídas pelos professores ao trabalho realizado ao longo do ano na escola: têm, em média, 13,89 valores enquanto os rapazes ficam algumas décimas abaixo, com 13,46 valores.

Normalmente, quando chegam a exame os alunos têm notas mais baixas em relação à nota pelo trabalho desenvolvido na escola ao longo do ano e, no ano passado, as notas desceram, em média, dois valores.

Mas houve disciplinas em que as diferenças foram mais gritantes como Física e Química A, em que a nota média de exame foi 4,13 valores acima da nota interna; Biologia e Geologia, onde a nota de exame foi 3,89 valores superior; Matemática Aplicada às Ciências Sociais (com uma diferença de 3,56 valores), História da Cultura e das Artes (mais 3,47 valores) e Geometria Descritiva A (3,2 valores).

No ano passado, a disciplina com menos disparidades foi Espanhol: os alunos tiveram em média 15 valores pelo trabalho realizado ao longo do ano e, depois, no exame a nota média foi de 14,7.

No ano passado, os alunos tiveram mais dificuldades nos exames de Física e Química A (média nacional de 9,92 valores) e História da Cultura e das Artes (9,83 valores).

Nas restantes disciplinas, as médias nacionais foram positivas com destaque para Espanhol e Desenho A, áreas em que se registaram as melhores notas (14,7 valores e 13,4, respetivamente).

As disciplinas com mais provas realizadas foram Português (cerca de 56 mil) e Matemática A (cerca de 34 mil), assim como Biologia e Geologia e Física e Química A, ambas a rondar as mais de 27 mil provas cada.

Ler mais

Exclusivos

Premium

robótica

Quando os robôs ajudam a aprender Estudo do Meio e Matemática

Os robôs chegaram aos jardins-de-infância e salas de aula de todo o país. Seja no âmbito do projeto de robótica do Ministério da Educação, da iniciativa das autarquias ou de outros programas, já há dezenas de milhares de crianças a aprender os fundamentos básicos da programação e do pensamento computacional em Portugal.

Premium

Anselmo Borges

"Likai-vos" uns aos outros

Quem nunca assistiu, num restaurante, por exemplo, a esta cena de estátuas: o pai a dedar num smartphone, a mãe a dedar noutro smartphone e cada um dos filhos pequenos a fazer o mesmo, eventualmente até a mandar mensagens uns aos outros? É nisto que estamos... Por isso, fiquei muito contente quando, há dias, num jantar em casa de um casal amigo, reparei que, à mesa, está proibido o dedar, porque aí não há telemóvel; às refeições, os miúdos adolescentes falam e contam histórias e estórias, e desabafam, e os pais riem-se com eles, e vão dizendo o que pode ser sumamente útil para a vida de todos... Se há visitas de outros miúdos, são avisados... de que ali os telemóveis ficam à distância...