Rio pede pactos na política e justiça. "Tem de haver coragem para combater demagogia e populismo"

No discurso de encerramento do 38.º Congresso do PSD, Rui Rio insistiu que é preciso o diálogo entre partidos para levar duas reformas estruturais por diante: a da política e da Justiça. E diz que está disponível para entendimentos. Nas eleições realizadas este domingo de manhã, ganhou o Conselho Nacional, mas perdeu a Jurisdição.

Numa reunião magna marcada por muitos apelos à unidade, arrumada que estava a disputa interna pela liderança, mantiveram-se, afinal, os sinais de que os críticos de Rui Rio vão continuar à espreita. Ou melhor, como avisou Luís Montenegro, não ficarão calados. No encerramento dos trabalhos, este domingo, o líder do PSD virou-se para o país e para os outros partidos mostrando-se disponível para entendimentos no que diz respeito à reforma do sistema político e da Justiça.

Leia aqui as palavras de Rio (e o que de mais importante aconteceu este domingo em Viana do Castelo):

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG