Trezes detidos por venda irregular de bilhetes para o FC Porto-Benfica

ASAE adianta que realizou uma ação de fiscalização nas cidades do Porto, Vila Nova de Gaia, Gondomar, Vila do Conde e Matosinhos em que "foram instaurados 14 processos crime por especulação e venda irregulares de bilhetes.

Treze pessoas foram detidas por especulação e venda irregular de bilhetes online para o jogo desta noite da I Liga de futebol entre o FC Porto e o Benfica, anunciou a Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE).

Em comunicado, a ASAE adianta que realizou uma ação de fiscalização nas cidades do Porto, Vila Nova de Gaia, Gondomar, Vila do Conde e Matosinhos em que "foram instaurados 14 processos crime por especulação e venda irregulares de bilhetes a atingir valores de lucro de 350% acima do valor facial, tendo sido apreendidos 30 bilhetes, que se encontravam à venda através da Internet, sete dos quais eram falsos".

"Foram ainda detidos 13 indivíduos, em flagrante delito, tendo sido constituídos como arguidos, acrescendo referir a identificação de um menor de 16 anos, o qual foi identificado ao abrigo da Lei Tutelar Educativa", indica a ASAE.

A operação de fiscalização decorreu no âmbito do "clássico" FC Porto-Benficaatravés da Unidade Nacional de Informações e Investigação Criminal.

A ASAE alerta os consumidores para o facto de a aquisição de bilhetes acima do seu valor oficial constituir um crime de venda irregular de bilhetes, punido com pena de prisão até três anos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG