Paulo Pereira e Paula Peneda assumem comandos de Lisboa e Porto da PSP

O ministro da Administração Interna nomeou os superintendentes Paulo Pereira e Paula Peneda para os cargos de comandantes dos Comandos Metropolitanos de Lisboa e do Porto da PSP, respetivamente.

Na nota enviada às redações, a tutela, liderada por Eduardo Cabrita, adiantou que Paulo Pereira toma posse na quinta-feira e Paula Peneda na sexta-feira. Paula Peneda será a primeira mulher a assumir comando metropolitano da PSP do Porto.

Em Lisboa, a função de comandante cabia anteriormente ao superintendente-chefe Jorge Maurício, que tinha já saído para coordenar o projeto de segurança no Mundial 2022 de futebol, no Qatar.

No caso do Porto, a vaga estava também aberta há alguns dias, depois do anúncio, em 14 de fevereiro, de que o anterior comandante, Paulo Lucas, tinha sido nomeado para chefiar a Unidade Especial de Polícia.

Paulo Pereira é licenciado em Ciências Policiais pelo Instituto Superior de Ciências Policiais e Segurança Interna e é ainda licenciado em Direito, pós-graduado em Criminologia e em Medicina Legal e mestre em Criminologia.

Antes desta nomeação, desempenhava funções de comandante do Comando Distrital de Aveiro, depois de ter sido oficial de ligação da PSP no Ministério da Administração Interna, refere o comunicado.

O superintendente foi ainda chefe de gabinete do diretor nacional da PSP, diretor do Departamento de Armas e Explosivos e oficial de ligação do Ministério da Administração Interna na Representação Permanente de Portugal em Bruxelas, junto da União Europeia, além de conselheiro de polícia na Estrutura de Missão para a Presidência Portuguesa do Conselho da União Europeia, igualmente em Bruxelas.

Por seu lado, Paula Peneda é licenciada em Ciências Policiais pelo Instituto Superior de Ciências Policiais e Segurança Interna, tendo frequentado uma pós-graduação em Ciências Criminais pela Universidade Moderna de Lisboa.

A superintendente desempenhava o cargo de oficial de ligação da PSP junto do Ministério da Administração Interna, depois de ter sido oficial de ligação junto da Embaixada de Portugal em Marrocos.

Na nota, a tutela salientou que já desempenhou cargos como o de comandante do Comando Distrital de Santarém, diretora-geral do Gabinete Coordenador da Segurança Escolar, 2.º comandante do Comando Metropolitano de Lisboa (em substituição) ou chefe de Área de Administração e Apoio Geral do Comando Metropolitano de Lisboa.

Os dois superintendentes contam com diversos louvores e condecorações ao longo da sua carreira.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG