Nem vale a pena pensar em sair de casa. Vêm aí dias de chuva abundante

O estado de emergência obriga à permanência nos domicílios e o Instituto de Meteorologia prevê chuva para os próximos dias, com especial abundância este fim de semana.

Existem todos os motivos em contexto de estado de emergência para se ficar em casa durante o fim de semana. É necessário isolamento para travar a epidemia de covid-19. De resto, os próximos dias vão trazer muita chuva, de acordo com as previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Sábado, a chuva começa a cair no sul do país e estende-se depois a todo o território. "Chuva fraca a partir do meio da manhã na região Sul, estendendo-se gradualmente às regiões Centro e Norte a partir da tarde. Vento por vezes forte no litoral oeste e terras altas", diz o resumo do IPMA para o dia 4 de abril.

Com as temperaturas mínimas a subirem nestes dias, no domingo, a chuva será mais intensa. "Céu em geral muito nublado. Períodos de chuva, mais intensa e persistente a partir da tarde e nas regiões Norte e Centro, podendo ser por vezes forte no litoral Norte", prevê o IPMA; acrescentando que haverá "vento fraco a moderado (até 30 km/h) do quadrante sul, por vezes forte (até 40 km/h) no litoral, sendo moderado a forte (30 a 50 km/h) nas terras altas, com rajadas até 85 km/h, enfraquecendo a partir do final da tarde".

Esta tendência mantém na segunda-feira, com a chuva a ser mais provável nas regiões Sul. Mais a Norte e Centro a previsão para descida da temperatura mínima

Os aguaceiros devem persistir, pelo menos, até final da próxima semana e mesmo no fim de semana de Páscoa o céu estará muito nublado e podem ocorrer aguaceiros.

Outros serviços de meteorologia alinham pela mesma previsão.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG