Morreu o jornalista António Tavares-Teles

Tinha 77 anos e faleceu no Algarve, onde vivia e dirigia uma galeria de arte.

O jornalista António Tavares-Teles morreu hoje, aos 77 anos, no Algarve, segundo uma nota de pesar já emitida pela Sociedade Portuguesa de Autores.

Segundo uma nota de pesar emitida pela Sociedade Portuguesa de Autores, trata-se de "uma personalidade invulgar" que "viveu as lutas e inquietações do seu tempo de uma forma inconfundível".

Tavares-Teles nasceu no Alto Douro (Pinhão) e afirmou-se sobretudo como jornalista na área do desporto. Também escreveu livros e programas de televisão, tendo criado para Herman José a figura do Estebes.

Depois de estudar no Porto e nas universidades de Lisboa e Coimbra, partiu para Moçambique, onde se iniciou no jornalismo, integrando a redação da Tribuna.

Por ser um opositor ao Estado Novo, esteve depois exilado em Paris, Rio de Janeiro e Bruxelas - onde estava quando foi o 25 de Abril.

No regresso a Portugal, dirigiu um serviço no Ministério da Comunicação Social. Mas a seguir voltaria ao jornalismo, colaborando com jornais, rádio e televisão. Tornou-se célebre a sua coluna "O pato", no jornal desportivo O Jogo.

Colaborou com o DN e fez várias entrevistas de autor para a TSF e as suas intervenções eram geralmente marcadas pelo humor e por um sentido crítico muito combativo.

Escreveu uma biografia do ex-presidente do Sporting Clube de Portugal Filipe Soares Franco. Publicou também o livro Do Pinhão ao Porto (Afrontamento), de 2017.

Em 2009, ganhou um processo ao presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, que, numa deslocação ao Canadá, tinha qualificado vários jornalistas de "jagunço", "lixo" e "porcaria". A indemnização foi de um euro - e o jornalista disse que o queria afixar na parede, assegurando também: "Nunca me interessou o valor da indemnização."

A seu pedido, as cerimónias fúnebres serão reservadas à família. António Tavares-Teles é pai da jornalista Alexandra Tavares-Teles, colaboradora de várias publicações do grupo Global Media, que integra, entre outras marcas, o DN, a TSF, o Jornal de Notícias e o jornal O Jogo.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG