Miguel Sousa Cintra detido após disparar e barricar-se em Vila do Bispo

O filho do empresário José Sousa Cintra fez disparos junto à praia de Ingrina, em Vila do Bispo, e depois barricou-se em casa. Acabou por se entregar às autoridades e está detido, confirmou a GNR ao DN. Foram apreendidas várias armas de fogo.

Miguel Sousa Cintra foi detido nesta terça-feira à tarde em Vila do Bispo, confirmou a GNR ao DN. O filho do empresário terá efetuado vários disparos junto à praia da Ingrina. De casa, terá atirado na direção de viaturas. A GNR foi alertada por populares e teve de apelar a que se entregasse. Miguel Sousa Cintra, 51 anos, barricou-se durante algum tempo, mas acabou por ceder ao pedido da GNR e entregou-se. Vai passar a noite detido até ser presente a um juiz.

"Está detido e será amanhã presente a um juiz", disse ao DN o capitão Humberto Galego, das Relações Públicas do Comando Distrital de Faro, sem confirmar que se trata de Miguel Sousa Cintra. O oficial da GNR disse que a polícia foi alertada para os disparos efetuados por um homem e que se dirigiu para o local durante a tarde. Confirmou que foram apreendidas armas de fogo na residência. Sobre a motivação de tal ação, a GNR diz apenas que o caso está em investigação.

Populares que vivem na zona contaram à CMTV que no local estavam máquinas a trabalhar, junto à habitação de Miguel Sousa Cintra, e que isso poderá estar na origem dos disparos.

A GNR relata que o filho do ex-presidente do Sporting esteve barricado durante algum tempo em casa. Acabou por sair da habitação, sem oferecer resistência. Estão a ser realizadas buscas na habitação e foram apreendidas mais do que uma arma de fogo. Em causa está, entre outros crimes, detenção de arma proibida.

Ninguém foi atingido pelos disparos. A Polícia Judiciária está a investigar, uma vez que foram usadas armas de fogo.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG