Piloto da TAP encontrado morto na Alemanha

Duarte Pato tinha 38 anos, era natural de Coimbra e tinha um historial de problemas cardíacos.

Um piloto da TAP foi encontrado morto num quarto de hotel em Estugarda, Alemanha. Natural de Coimbra, Duarte Pato tinha 38 anos e terá sido vítima de morte súbita avança a TVI.

A companhia aérea nacional refere, em comunicado, que "as informações recebidas das autoridades locais apontam para causas naturais da morte".

De acordo com o jornal As Beiras, o piloto, que morreu na madrugada desta quarta-feira, tinha um historial de problemas cardíacos, tendo sido operado ao coração pelo cardiologista conimbricense Manuel Antunes. Tinha sido considerado apto para exercer a profissão de piloto.

Duarte Pato devia ter pilotado o voo TP 597 de Estugarda para Lisboa, que tinha saída prevista da cidade alemã às 06:05, com destino a Lisboa, onde devia ter chegado às 07:48. O voo foi cancelado.

A notícia da morte do piloto da TAP mereceu uma nota de pesar da Académica, clube do qual Duarte Pato era um "fervoroso" adepto. Era uma "presença assídua nos jogos sempre que a sua profissão o permitia e um seguidor atento do dia-a-dia do clube", recorda a Associação Académica de Coimbra na rede social Facebook.

"Deixou-nos inesperadamente num sentimento de profunda injustiça e consternação", lê-se no comunicado do clube que endereça "as mais sentidas condolências" à família e amigos de Duarte Pato.