Sete concelhos de Faro, Guarda e Bragança em risco muito elevado de incêndio

De acordo com o IPMA, em risco muito elevado de incêndio estão os concelhos Tavira, Alcoutim e Castro Marim (Faro), Figueira de Castelo Rodrigo (Guarda), Torre de Moncorvo, Freixo de Espada à Cinta e Mogadouro (Bragança)

Sete concelhos dos distritos de Faro, Guarda e Bragança apresentam esta segunda-feira risco muito elevado de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

De acordo com o IPMA, em risco muito elevado de incêndio estão os concelhos Tavira, Alcoutim e Castro Marim (Faro), Figueira de Castelo Rodrigo (Guarda), Torre de Moncorvo, Freixo de Espada à Cinta e Mogadouro (Bragança).

O IPMA colocou também 16 concelhos dos distritos de Faro, Guarda, Viseu, Vila Real e Bragança em risco elevado de incêndio.

O risco de incêndio determinado pelo IPMA engloba cinco níveis, que podem variar entre o reduzido e o máximo.

O cálculo é feito com base nos valores observados às 13:00 em cada dia relativamente à temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

A previsão aponta para possibilidade de ocorrência de chuvisco no litoral durante a manhã e vento em geral fraco do quadrante oeste, soprando moderado de noroeste a partir da tarde no litoral e nas terras altas.

O IPMA prevê para esta segunda-feira nas regiões do Norte e Centro do continente céu pouco nublado ou limpo, apresentando períodos de maior nebulosidade no litoral até final da manhã, e no interior durante a tarde.

A previsão aponta também para possibilidade de ocorrência de chuvisco no litoral durante a manhã e vento em geral fraco do quadrante oeste, soprando moderado de noroeste a partir da tarde no litoral e nas terras altas.

Está previsto ainda neblina ou nevoeiro matinal em alguns locais e pequena subida da temperatura máxima nas regiões do interior.

Na região Sul prevê-se céu pouco nublado ou limpo, apresentando períodos de maior nebulosidade até meio da manhã, vento em geral fraco do quadrante oeste, tornando-se a partir da tarde moderado no litoral e terras altas, possibilidade de ocorrência de neblina ou nevoeiro matinal em alguns locais e subida da temperatura máxima.

As temperaturas mínimas no continente vão oscilar entre os 11 graus Celsius (na Guarda) e os 17 (em Faro, Lisboa, Leiria e Aveiro) e as máximas entre os 22 (em Viana do Castelo e Porto) e os 30 (em Castelo Branco, Évora, Beja, Setúbal e Faro).

Ler mais

Exclusivos

Premium

Daniel Deusdado

Estou a torcer por Rio apesar do teimoso Rui

Meu Deus, eu, de esquerda, e só me faltava esta: sofrer pelo PSD... É um problema que se agrava. Antigamente confrontava-me com a fria ministra das Finanças, Manuela Ferreira Leite, e agora vejo a clarividente e humana comentadora Manuela Ferreira Leite... Pacheco Pereira, um herói na cruzada anti-Sócrates, a voz mais clarividente sobre a tragédia da troika passista... tornou-se uma bússola! Quanto não desejei que Rangel tivesse ganho a Passos naquele congresso trágico para o país?!... Pudesse eu escolher para líder a seguir a Rio, apostava tudo em Moreira da Silva ou José Eduardo Martins... O PSD tomou conta dos meus pesadelos! Precisarei de ajuda...?

Premium

arménios na síria

Escapar à Síria para voltar à Arménia de onde os avós fugiram

Em 1915, no Império Otomano, tiveram início os acontecimentos que ficariam conhecidos como o genocídio arménio. Ainda hoje as duas nações continuam de costas voltadas, em grande parte porque a Turquia não reconhece que tenha havido uma matança sistemática. Muitas famílias procuraram então refúgio na Síria. Agora, devido à guerra civil que começou em 2011, os netos daqueles que fugiram voltam a deixar tudo para trás.