Dono de padaria mata empregado a tiro de caçadeira e fere a ex-mulher

Patrão atingiu o empregado quando este fazia a entrega do pão, cerca das 06:00 da manhã.

Um homem de 26 anos foi morto a tiro de caçadeira pelo patrão, ao início da manhã desta terça-feira, em Alvarenga, no concelho de Lousada.​​​​​​​

O suspeito é o proprietário de uma padaria em Lousada. Terá atingido também a ex-companheira.

De acordo com informação adiantada pelo Jornal de Notícias, o suspeito, de 31 anos, estaria desconfiado de que a mulher, também empregada da padaria, tivesse um relacionamento com o empregado.

As duas vítimas estariam a fazer a volta de entrega do pão esta manhã, quando, pelas 06:06, foram surpreendidos pelo empresário, que, primeiro, disparou um tiro sobre a mulher, e depois tirou o empregado da carrinha e disparou sobre o mesmo, que morreu imediatamente. A mulher conseguiu fugir com ferimentos ligeiros e encontra-se agora no Hospital Padre Américo, em Penafiel.

Depois do crime, o autor do disparo entregou-se no posto territorial da Lixa da GNR.

Exclusivos