Efeito Cristina. Após 12 anos e meio a SIC volta a liderar

Desde 2006 que o canal generalista de Balsemão não vencia um mês completo. O efeito Cristina Ferreira é indissociável desta vitória.

Foi o suspense até ao final. A batalha de audiências entre SIC e TVI foi travada ao milímetro durante o mês de fevereiro. E foi de tal forma que esta sexta-feira, 1 de março, ambos canais privados podem reclamar vitória, cada um à sua maneira.

De acordo com os dados do Total Dia - em que se somam os espectadores que viram televisão em direto aos que assistiram aos programas gravados até ao final do dia em que foram exibidos -, a estação de Pinto Balsemão ganhou o mês por uma décima de quota de mercado e interrompeu um ciclo de liderança da TVI de mais de 12 anos (150 meses). Considerados mais relevantes para o mercado, estes números vêm dizer que a SIC fechou fevereiro com 18,6% e a TVI, no mês em que fez 26 anos, ficou-se pelos 18,5% de share.

Se olharmos apenas para os dados das pessoas que viram emissões em direto (designados dados provisórios), a vitória ficou nas mãos de Queluz de Baixo, que fechou o mês com apenas mais uma décima de quota de mercado (18,0%) do que a estação de Balsemão (17,9%). A distância entre ambos canais em janeiro tinha sido de oito décimas. Valores médios de quota de mercado (share) que foram disponibilizados pela CAEM e que vão permitir a ambas estações privadas cantar vitória esta sexta-feira, 1 de março, cada uma à sua maneira.

A última vez que o canal generalista de Pinto Balsemão conseguiu ficar à frente da sua rival privada foi em julho de 2006, um mês marcado pelas transmissões dos jogos de futebol do Mundial realizado na Alemanha.

Vários fatores têm contribuíram para esta ultrapassagem da SIC, a que não é alheia a entrada de Cristina Ferreira na estação, que alavanca as audiências para o resto do dia, a passagem de Júlia Pinheiro para as tardes, onde desde o início começou a fazer bons resultados, e até o élan da mudança de instalações de Carnaxide para Paço d'Arcos, com novos cenários e novo grafismo, terá transmitido uma imagem de recomeço e de maior modernidade.

A reviravolta começou a desenhar-se em janeiro com mudanças na grelha e a estreia do Programa da Cristina no dia 7. Logo no primeiro programa, a apresentadora roubou a liderança a Você na TV, conduzido por Manuel Luís Goucha e Maria Cerqueira Gomes, algo que não acontecia há 14 anos. O programa da manhã da SIC teve cerca de 500 mil espectadores e o da TVI cerca de 353 mil.

A dinâmica alcançada pelas novas manhãs da SIC foi seguida nos horários seguintes durante o resto do dia, ainda que as tardes tivessem começado a subir ainda um pouco antes da estreia de Cristina Ferreira. Mas o efeito Cristina no canal de Balsemão é incontornável. Falta agora saber se o mês de fevereiro é o início de uma nova e consistente liderança ou se foi um caso isolado.

Exclusivos