Dono de restaurante em Mértola morre devido a fuga de gás

O proprietário de um restaurante na localidade de Corvos, no concelho de Mértola, morreu no sábado à noite no Hospital de Beja, na sequência de uma fuga de gás ocorrida no estabelecimento de restauração.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Beja (CDOS) disse à agência Lusa que o alerta para a fuga de gás no restaurante, situado na pequena localidade de Corvos, no concelho de Mértola (Beja), foi dado aos bombeiros às 22:19.

Contactada pela Lusa, fonte da corporação dos Bombeiros Voluntários de Mértola disse que a vítima tinha 64 anos.

Já fonte do Comando Territorial de Beja da GNR explicou à Lusa que o homem, proprietário do restaurante, "foi transportado em paragem cardiorrespiratória para o Hospital de Beja, onde veio a falecer".

"Uma garrafa de gás na cozinha começou a deitar gás e não conseguiram que parasse de deitar. O proprietário levou, então, a garrafa para a rua e começou a sentir-se mal, mas também já tinha alguns problemas respiratórios prévios e foi transportado para o hospital já em paragem cardiorrespiratória", afirmou a mesma fonte.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Margarida Balseiro Lopes

Legalização do lobbying

No dia 7 de junho foi aprovada, na Assembleia da República, a legalização do lobbying. Esta regulamentação possibilitará a participação dos cidadãos e das empresas nos processos de formação das decisões públicas, algo fundamental num Estado de direito democrático. Além dos efeitos práticos que terá o controlo desta atividade, a aprovação desta lei traz uma mensagem muito importante para a sociedade: a de que também a classe política está empenhada em aumentar a transparência e em restaurar a confiança dos cidadãos no poder político.