GNR detém 40 pessoas e regista 462 infrações rodoviárias desde sábado à noite

A maioria das infrações deveu-se a excesso de velocidade e de álcool.

A Guarda Nacional Republicana (GNR) deteve 40 pessoas entre sábado à noite e este domingo de manhã, 28 por conduzirem com excesso de álcool, e detetou 462 infrações rodoviárias, 171 das quais por excesso de velocidade.

Num balanço da atividade operacional decorrida entre as 20:00 de sábado e as 08:00 de hoje, a força de segurança indica ainda oito detenções por condução sem habilitação legal, duas por tráfico de estupefacientes, um por furto e outro por violência doméstica.

Quanto à fiscalização de trânsito, a GNR anotou 62 infrações por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei, nove por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças, 14 por falta de seguro de responsabilidade civil obrigatório, 21 por falta de inspeção periódica obrigatória, oito por uso indevido do telemóvel na condução e dez relacionadas com tacógrafos.

Os militares desta corporação registaram ainda 37 acidentes, que provocaram 13 feridos leves, e apreenderam 27 doses de canábis no âmbito da prevenção e combate à criminalidade.

PSP deteve 37 pessoas nas últimas 24 horas

Por sua vez, a PSP deteve 37 pessoas ao longo do dia de sábado, cinco por conduzirem com excesso de álcool e 18 por conduzirem sem habilitação legal.

No balanço da sua atividade operacional relativa ao período compreendido entre as 00:00 e as 23:59 do dia 15 de agosto, a PSP indicou, em comunicado, ter ainda detido três pessoas por resistência e coação sobre funcionário, três por cumprimento de mandado de detenção e dois por tráfico de estupefacientes.

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP adiantou ainda que, continuando os objetivos de prevenção e dissuasão da criminalidade e de ilícitos em geral, deteve também seis pessoas por outros crimes, sem especificar.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG