Estradas encerradas na Serra da Estrela e em Viseu, devido à queda de neve

Algumas das estradas de acesso à serra da Estrela estão encerradas devido à queda de neve, formação de gelo e vento forte.

Algumas das estradas de acesso à serra da Estrela estão esta quinta-feira encerradas devido à queda de neve, formação de gelo e vento forte, disse à Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Castelo Branco.

De acordo com a fonte, às 09:00, estavam encerrados os troços Piornos/Torre, Torre/ Lagoa Comprida, Lagoa Comprida/Loriga e Lagoa Comprida/Sabugueiro, não havendo previsão para a sua reabertura.

A Estrada Nacional 221 (EN221), que liga Castro Daire e Cinfães, no distrito de Viseu, está cortada desde as 09:30 devido à queda de neve, disse esta quinta-feira o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Viseu.

A fonte adiantou à agência Lusa que, "apesar de estarem a decorrer trabalhos de limpeza, não há previsão para reabertura da estrada, uma vez que continua a nevar" na região.

No distrito de Viseu, segundo o CDOS, esta "é a única estrada [nacional] fechada", apesar de a neve cair nos concelhos de Castro Daire, Cinfães e Resende.

Em Resende, a proteção civil municipal esclareceu à Lusa que estão cortadas duas estradas municipais, 553 e 553-1, que ligam Felgueiras a Bigorne e São Cipriano a São Cristovão, respetivamente.

"Está o limpa-neves no local a trabalhar para desimpedir as estradas e, apesar de não haver nenhuma escola fechada, vamos ver, se continuar a nevar, como é que se vão retirar as crianças das escolas", afirmou fonte oficial da Câmara de Resende.

Nos municípios de Castro Daire e Cinfães, "até ao momento, não há qualquer estrada municipal encerrada" ou "serviço ou instituição fechada, como escolas," por causa da neve.

Para esta quinta-feira, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera prevê "agitação marítima forte na costa ocidental e descida de temperatura, bem como queda nas regiões Norte e Centro, acima de 1000 a 1200 metros, descendo temporariamente a cota para 800/1.000 metros.

Está ainda previsto "vento forte no litoral oeste e nas terras altas, com rajadas até 95 quilómetros por hora, podendo atingir 110 quilómetros por hora nos pontos mais altos da serra da Estrela".

Exclusivos