A "vista maravilhosa" dos bairros sociais. Inês de Medeiros causa polémica

Presidente da Câmara de Almada fala no "privilégio" dos bairros sociais de Almada que têm uma "vista invejável".

A presidente da Câmara de Almada, Inês de Medeiros, está a ser alvo de críticas por ter afirmado que os bairros sociais de Almada têm o privilégio de ter uma "vista maravilhosa" e que ela própria se mudaria "amanhã" para um desses bairros.

"Almada tem este privilégio de ter bairros sociais em espaços absolutamente maravilhosos, com uma vista invejável. Qualquer bairro social da margem norte tem inveja. Eu própria amanhã iria viver para o Bairro Amarelo, com aquela vista maravilhosa", afirmou Inês de Medeiros, que falava numa reunião pública da câmara municipal. O Bairro Amarelo é um bairro social situado perto da Costa da Caparica.

"Qualquer comentário é redundante", reagiu no Twitter a deputada bloquista Joana Mortágua, também vereadora em Almada.

A Rés do Chão - Associação pelo Direito à Habitação também se pronunciou sobre as palavras da autarca. "A presidente da Câmara Municipal de Almada, Inês de Medeiros, acha que quem vive em habitação municipal na cidade é privilegiado porque tem uma ótima vista. Chega a dizer que iria morar para o Bairro Amarelo amanhã. Que privilégio é este? Casas sem condições e oito mil pessoas sem casa. É assim a política de habitação em Almada", critica a associação, no Facebook.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG