Veterano de 99 anos é o mais velho a chegar a número 1 do top britânico de música

Capitão Tom Moore já se tinha distinguido pela angariação de fundos para o serviço nacional de saúde britânico ao dar 100 voltas ao seu jardim

O capitão Tom Moore, veterano da II Guerra mundial que completa 100 anos no próximo dia 30 de abril, é o novo número um do top britânico de música. É o artista mais velho de sempre a conseguir este feito.

Tom Moore chegou à liderança do mercado britânico com uma interpretação de You'll Never Walk Alone [Nunca andarás sozinho] , tema celebrado pelos Gerry & The Pacemakers. Moore canta ao lado do ator e cantor Michael Ball e do Coro do sistema nacional de saúde britânico (NHS na sigla original). Vendeu já 82 mil cópias - é, até, agora, o álbum que se vendeu mais rapidamente em 2020. A música (que é também o hino do Liverpool) está também a transformar-se num hino de apoio aos profissionais do sistema público britânico.

À beira do centenário, o veterano militar já tinha saltado para a ribalta com uma ação de angariação de fundos para o NHS que superou todas as expectativas. A recuperar de uma cirurgia à anca, o capitão propôs-se dar 100 voltas ao seu jardim, de 25 metros, um objetivo a cumprir até à data do seu aniversário e com o qual se propunha também angariar 1000 libras (pouco mais de 1100 euros) para doar ao serviço público de saúde.

Mas, em pouco tempo, a angariação chegou aos 500 mil euros. Nesta altura, a página que regista as doações contabiliza uns impressionantes 28,8 milhões de libras, cerca de 34 milhões de euros, um valor recorde angariado em caminhadas solidárias.

Motivado pelos resultados, o capitão terminou as 100 voltas prometidas na passada semana, muito antes da data estipulada, e não esteve sozinho na última volta ao quintal - foi acompanhado pela guarda de honra do 1.º Batalhão do Regimento de Yorkshire.

Agora a popularidade de Tom Moore salta também para a música. E o próprio já reagiu no twitter, com alguma incredulidade.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG