Seul acredita que Kim Jong-un está bem e não foi operado

A imprensa sul coreana publicou várias notícias sobre uma eventual intervenção cirúrgica ao coração do líder do regime de Pyongyang.

O Serviço Nacional de Informações da Coreia do Sul (NIS) acredita que o líder norte coreano, Kim Jong-un, está bem de saúde e não se submeteu recentemente a qualquer procedimento médico, como indicaram informações publicadas na última semana.

"Considera-se que Kim Jong-un não se submeteu a nenhuma operação ou procedimento médico relacionado com o coração", explicou à agência Yonhap, o deputado do Partido Democrático, no poder, Kim Byung-kee, após participar numa reunião em sede de comissão parlamentar.

A reunião, no Parlamento de Seul, decorreu à porta fechada e contou com a presença de Suh Hoon, diretor dos serviços de informações.

Citando fontes anónimas, a imprensa sul coreana publicou várias notícias sobre uma eventual intervenção cirúrgica ao coração do líder do regime de Pyongyang e que justificava a ausência de Kim Jong-un em eventos públicos desde meados de abril.

A imprensa norte-coreana transmitiu esta semana e pela primeira vez em 21 dias imagens de Kim Jong-un.

Os representante do NIS disseram na comissão que mesmo um procedimento cardiovascular de caráter simples obrigaria a quatro ou cinco semanas de recuperação sendo que a ausência de Kim Jong-un só durou três semanas.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG