"Prendam-no". Trump foi ver um jogo de basebol... e não correu bem

O presidente Donald Trump, foi recebido com vaias e cânticos de "Prendam-no!" ao aparecer no ecrã do estádio onde se disputou o jogo 5 das World Series, em Washington, no dia em que celebrava uma das maiores conquistas do seu mandato.

Donald Trump resolveu fazer uma incursão até às Finais da Major Legue Baseball (MLB), na sua primeira ida a um jogo de basebol desde que é presidente norte-americano, mas não teve a receção mais amigável por parte dos adeptos, que vaiaram o líder da Casa Branca quando este apareceu no ecrã gigante do Parque Nacional de Washington, durante o intervalo do jogo número cinco das World Series entre os Washington Nationals e os Houston Astros.

O presidente, a primeira-dama Melania Trump e vários congressistas apareceram no ecrãapós um vídeo de homenagem aos serviços das tropas americanas. Os fãs aplaudiram os soldados que apareceram no ecrã, mas houve vaias e cânticos de "Prendam-no!" quando Trump apareceu, de acordo com uma fonte da Reuters que estava no jogo, comprovada por vários vídeos publicados na rede social Twitter.

Esta receção hostil ocorreu no mesmo dia em que Trump anunciou a morte de Abu Bakr al-Baghdadi, líder do Estado Islâmico, num ataque das tropas americanas, no noroeste da Síria.

Trump apenas ganhou 4% dos votos no Distrito de Columbia, onde está situada a cidade de Washington. A capital americana acolhe este ano as suas primeiras World Series desde 1933.

Ao contrário do que fizeram muitos presidentes no passado, Trump não fez o lançamento de abertura do jogo. Essa tarefa coube ao chefe de cozinha espanhol Jose Andres, um assumido crítico do presidente norte-americano, que fundou um grupo sem fins lucrativos para alimentar vítimas de desastres pelo mundo inteiro, como os milhares de desalojados pelo último furacão nas Bahamas.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG