Nova Zelândia vive a pior recessão em décadas

O PIB do país encolheu 12,2% entre abril e junho. É a primeira recessão da Nova Zelândia desde a crise financeira global e a pior desde 1987.

A Nova Zelândia vive atualmente a sua recessão mais profunda em décadas devido ás medidas rígidas impostas como resposta à pandemia, como o confinameno e o fecho de fronteiras.

O PIB do país encolheu 12,2% entre abril e junho. É a primeira recessão da Nova Zelândia desde a crise financeira global e a pior desde 1987, desde que existem indicadores do PIB.

Apesar do cenário negro, o país de cinco milhões de habitantes espera entrar em recuperação a curto prazo, uma vez que declarou recentemente estar livre do novo coronavírus.

O governo encabeçado pela primeira-ministra Jacinda Ardern disse que o sucesso na contenção do vírus provavelmente ajudará nas perspetivas de recuperação económica.

Grant Robertson, ministro das Finanças, afirmou que os números do PIB acabaram por se revelar melhores do que o esperado.

Alguns economistas também preveem uma recuperação rápida, por causa da forte resposta da Nova Zelândia à covid-19.

"Esperamos que a queda recorde do PIB no trimestre de junho seja seguida por um aumento recorde no trimestre de setembro", disse o economista sénior do Westpac, Michael Gordon.

No entanto, segundo a BBC, as previsões do Tesouro divulgadas ontem sugerem que a dívida maciça e as interrupções contínuas provavelmente atrasarão a recuperação completa.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG