Kim Jong-un reeleito presidente do principal órgão de decisão da Coreia do Norte

Presidente dos EUA falou esta quinta-feira de uma possível terceira cimeira com o líder norte-coreano.

O líder da Coreia do Norte foi reeleito presidente da Comissão de Assuntos de Estado, principal órgão de decisão, e um novo primeiro-ministro foi escolhido pelo parlamento, informou hoje a agência de notícias norte-coreana KCNA.

Kim Jong-un foi reeleito durante a sessão de abertura da nova Assembleia Popular Suprema realizada na quinta-feira.

O líder norte-coreano ocupa o cargo desde junho de 2016, quando este órgão foi originalmente criado.

Kim Jae-ryong, um alto funcionário do partido único, foi nomeado primeiro-ministro para substituir Pak Pong-ju.

Choe Ryong-hae, que durante os primeiros anos do mandato de Kim Jong-un foi considerado o 'número dois' do regime, substitui Kim Yong-nam, de 91 anos, como presidente honorário, cargo que ocupava desde 1998.

O principal delegado da equipa de negociações com os Estados Unidos e um dos chefes dos serviços secretos, Kim Yong-chol, manteve a sua posição na Comissão de Assuntos do Estado, como aconteceu com outra figura-chave nas negociações de desnuclearização, o ministro das Relações Exteriores, Ri Yong-ho.

Terceira cimeira com Trump?

O presidente dos EUA, Donald Trump, falou ao homólogo sul-coreano, Moon Jae-in, sobre "possíveis futuras reuniões" com a Coreia do Norte que permitam restabelecer o diálogo com Pyongyang.

"Quero expressar as minhas mais cordiais saudações a [líder norte-coreano] Kim Jong-un e ao povo da Coreia do Norte", disse Trump em declarações à imprensa após receber o líder sul-coreano Moon Jae-in na Casa Branca.

Monn viajou para Washington na esperança de reativar o diálogo com a Coreia do Norte, que se encontra paralisado desde a cimeira de Hanói, que terminou abruptamente sem qualquer acordo.

"Uma terceira cimeira pode ter lugar", declarou Trump ao receber no gabinete oval o homólogo sul-coreano.

Exclusivos