Homens armados atacam hotel na capital da Somália

Atacantes detonaram carros armadilhados à entrada do edifício antes de entrarem

Um grupo de homens armados atacou hoje o hotel Dayah em Mogadíscio, capital da Somália, depois de detonar dois carros armadilhados à entrada do edifício, segundo as agências internacionais.

As duas explosões causaram vários feridos, incluindo pelo menos quatro jornalistas que acorreram ao local após a primeira explosão, constatou um jornalista da AFP.

O capitão da polícia Mohamed Hussein disse que dezenas de pessoas, incluindo deputados, deveriam estar no hotel na altura em que foi lançado o ataque, ao início da manhã, segundo a agência Associated Press (AP).

A agência Efe e a AP escrevem que os disparos continuam a decorrer no interior do hotel e que o número de vítimas é ainda desconhecido.

Segundo a agência Efe, os radicais do Al Shabab, filial da Al-Qaida na Somália, reivindicaram este ataque em Mogadíscio, onde nos últimos meses têm levado a cabo vários atentados que causaram a morte a dezenas de civis.

Apesar de não haver um número oficial de vítimas mortais, a rádio Andalus, com ligações aos radicais, disse que o ataque causou vários mortos.
Em atualização

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG