Enfermeiro mostra o impacto brutal do covid-19 no seu corpo após seis semanas internado

Enfermeiro norte-americano perdeu 22,5 quilos em seis semanas. "Queria mostrar que isto pode acontecer a toda a gente", escreveu no Instagram

Um enfermeiro norte-americano partilhou uma foto chocante do impacto que o covid-19 lhe fez ao corpo depois de seis semanas de internamento num hospital.

"Eu queria mostrar que isto pode acontecer a toda a gente. Não importa se és jovem ou velho, se tens doenças associadas ou não. Isto pode afetar-te", afirmou no Instagram.

Sentado na sua cama na enfermaria de coronavírus do hospital de Boston, Mike Schultz percebeu em conversa com uma enfermeira os efeitos de ter estado sedado e entubado. "Pensei que apenas tinha pasado uma semana", disse o enfermeiro ao BuzzFeed News. Afinal, tinham passado seis.

"Eu estava demasiado fraco. Essa foi uma das partes mais frustrantes", lembrou. "Eu não conseguia segurar o meu telemóvel, era demasiado pesado. Não sabia teclar, porque as minhas mãos tremiam muito", acrescentou.

O enfermeiro de 43 anos de São Francisco não tinha problemas de saúde associados, fazia desporto entre seis a sete vezes por semana e pesava cerca de 86 quilos. Depois do internamento, pesava apenas 63,5 quilos. Agora, a sua capacidade pulmonar está lentamente a voltar ao normal.

Na semana passada, Schultz partilhou uma foto no Instagram para ilustrar o impacto do covid-19 no seu corpo. A foto à esquerda foi tirada cerca de um mês antes de o enfermeiro ter ficado doente. A direita foi tirada na enfermaria do hospital e só o facto de se levantar da cama o deixou exausto.

"Eu não achava que o coronavírus era tão sério até as coisas começarem a acontecer. Pensei que era jovem o suficiente para não me afetar, e sei que muitas pessoas pensam isso", afirmou.

Schultz foi ao hospital a 16 de março. Dois dias antes, tinha viajado desde sua casa, em Boston, para São Francisco, com o intuto de ver ver o namorado, o DJ Josh Hebblethwaite, 29 anos. Ele estava um pouco mal, mas não estava com febre.

Na semana anterior, os dois foram a Miami Beach para o Winter Party Festival, uma festa na qual Hebblethwaite estava a trabalhar e que atraiu milhares de pessoas para a zona durante uma semana.

Pelo menos 38 pessoas que compareceram à Winter Party ficaram infetadas posteriormente. Três homens morreram.

Dois dias depois de Schultz ter chegado a Boston, ele e Hebblethwaite começaram a sentir-se gravemente doentes. A febre de Schultz aumentou e o enfermeiro teve dificuldades em respirar, tendo sido transportado para o hosital.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG