Eleições americanas. Sanders anuncia apoio a Biden

"Devemos unir-nos para derrotar o mais perigoso presidente da história moderna", escreveu Bernie Sanders, referindo-se a Trump.

O democrata Bernie Sanders anunciou esta terça-feira que apoia Joe Biden para as eleições presidenciais norte-americanas para derrotar Donald Trump. O senador do Vermont desistiu no passado dia 8 de abril da corrida à Casa Branca e abriu a porta ao vice-presidente de Barack Obama para ser o nomeado pelo Partido Democrata.

"Devemos unir-nos para derrotar o mais perigoso presidente da história moderna", escreveu Bernie Sanders no Twitter, onde também divulga o vídeo de apoio a Biden.

Depois da desistência de Sanders - que chegou a liderar as primárias pela nomeação do Partido Democrata - Biden é agora o único candidato indicado pelos democratas às eleições presidenciais marcadas para 3 de novembro.

Apesar de Sanders ter chegado a liderar as primárias pelos democratas, na quarta votação, na Carolina do Sul, Biden teve um melhor desempenho, o que lhe valeu uma vitória clara na "super-terça-feira", quando 14 estados norte-americanos foram votos, a 3 de março.

Quando anunciou a desistência, Sanders referiu-se ao ex-vice presidente de Barack Obama como "um homem muito decente".

"A realidade é que estamos a 300 delegados de Joe Biden e o caminho para a nomeação é praticamente impossível", disse, acrescentando que compreendia a desilusão de quem considerava que seria possível".

Biden, por seu turno,, elogiou o senador: "Ele não liderou apenas uma campanha política, ele criou um movimento. Pôs o interesse da nação - e a necessidade de derrotar Donald Trump - acima de tudo o resto."

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG