Diplomata francês suspeito de usar privilégios para traficar armas na Faixa de Gaza

Romain Franck, agente do Consulado Geral da França em Jerusalém, é suspeito de trazer 70 pistolas e duas outras armas automáticas da Faixa de Gaza

Um agente consular francês nos territórios palestinianos é suspeito de usar os privilégios associados às atividades diplomáticas para participar no contrabando de armas da Faixa de Gaza para a Cisjordânia, revelou esta segunda-feira a segurança interna israelita.

Romain Franck, um agente do Consulado Geral da França em Jerusalém, é suspeito de trazer cerca de 70 pistolas e duas outras armas automáticas da Faixa de Gaza, disse Shin Beth.

Detido há várias semanas, Romain Franck deve ser acusado hoje pelas autoridades judiciais, juntamente com vários outros membros palestinianos da rede.

Exclusivos

Premium

Alentejo

Clínicos gerais mantêm a urgência de pediatria aberta. "É como ir ao mecânico ali à igreja"

No hospital de Santiago do Cacém só há um pediatra no quadro e em idade de reforma. As urgências são asseguradas por este, um tarefeiro, clínicos gerais e médicos sem especialidade. Quando não estão, os doentes têm de fazer cem quilómetros para se dirigirem a outra unidade de saúde. O Alentejo é a região do país com menos pediatras, 38, segundo dados do ministério da Saúde, que desde o início do ano já gastou mais de 800 mil euros em tarefeiros para a pediatria.